22.1 C
Piçarras
domingo 10 de dezembro de 2023


Biblioteca de Piçarras abre às portas ao público

Ouça a matéria

A comunidade de Balneário Piçarras voltou a contar com um espaço público para leitura. A nova Biblioteca José Ferreira da Silva está em funcionamento desde o dia 7 em novo endereço, na rua Albano Shultz, salas 04 e 05, próximo ao Ginásio Aurélio Solano de Macedo. No local, mais amplo e reaparelhado, serão implantados programas de incentivo a leitura e um centro de acesso a internet.
De acordo com a Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte (Setuce), responsável pelo projeto, a nova biblioteca ganhou mais 1.087 livros de literatura, ciências biológicas, exatas e humanas, além de obras de referência como enciclopédias, dicionários e guias. O investimento de R$60 mil garantiu ainda a aquisição de mobiliário, aparelhos de televisão, som e DVD, dois computadores com impressora e mais estantes.
A biblioteca também ganhou um espaço para as crianças, com mobília especial e recursos lúdicos. “Futuramente, vamos implantar um projeto de incentivo à leitura e de contadores de histórias nesse local”, prevê a secretária Flávia Coradini.
Os recursos para a reforma e ampliação foram repassados ao Governo Municipal pela Fundação Biblioteca Nacional, ligada ao Ministério da Cultura. “O projeto é uma iniciativa da administração municipal, que concorreu no edital Mais Cultura para instalar um ponto de leitura na cidade”, explica a chefe de cultura da Setuce, Adriana de Souza.
O prefeito Umberto Teixeira participou da reabertura oficial da Biblioteca Pública Municipal José Ferreira da Silva e recebeu a primeira carteira expedida no novo espaço.

Inclusão Digital
Ainda este ano, a Setuce pretende instalar no local um centro de inclusão digital com dez computadores ligados a internet. “Além de incentivar a leitura, nós queremos aumentar o acesso da população à internet, que é uma ferramenta de pesquisa muito importante”, afirma o prefeito Umberto Teixeira.
A biblioteca José Ferreira da Silva vai ganhar também sistema de climatização, e controle informatizado do acervo. “Vamos cadastrar todos os volumes para que o cidadão tenha acesso mais facilmente e o controle das obras seja mais eficiente”, explica Adriana.
Para fazer a retirada de títulos, é preciso se cadastrar na biblioteca. Para isso, basta apresentar cópia de uma fatura de água, luz ou telefone, do documento de identidade e uma foto três por quatro. Os estudantes precisam levar também a declaração de freqüência emitida pelas escolas. Os professores deve apresentar uma cópia do holerite ou uma declaração da escola em que trabalham. A Biblioteca José Ferreira da Silva funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h30.
 

Foto por: Assessoria|Leandro Cardozo

REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você