16.1 C
Piçarras
segunda-feira 20 de maio de 2024


Cozinha Comunitária aceita proposta da Fucas em BV

Ouça a Matéria

A diretoria da Associação Cozinha Comunitária Iolanda Brugnago (ACCIB), de Barra Velha, aprovou nesta quinta-feira, dia 15 de abril, a proposta de firmar um comodato com a Fundação Catarinense de Assistência Social (Fucas, pelo período de 30 anos, destinado à profissionalização do chamado “terceiro setor” em Barra Velha. Com este comodato, a Fucas, referência em assistência social no Estado, poderá fazer investimentos na estrutura da Cozinha Comunitária, cuja sede fica no Morro do Colchão, área carente do bairro São Cristóvão, em Barra Velha, e implantar no município programas sociais de destaque, como o “Jovem Aprendiz” e o “Campeões nas Quadras e na Vida”, que já são destaque no Morro da Caixa, em Florianópolis.
Segundo a presidente da Cozinha Comunitária, Ivete Brugnago Moraes, que comandou a reunião, a intenção é destinar os dois pavilhões da instituição para a Fucas, que vai direcionar o seu trabalho e suas políticas para uma faixa etária de seis a 24 anos de idade. Assinado o comodato, o próximo passo para implantar a Fucas na cidade é a certificação a ser expedida pelos Conselhos Municipais da Criança e do Adolescente e de Assistência Social, assunto que já está sendo viabilizado pela secretária de Bem Estar Social Oleias Nogaroli. O trabalho será todo supervisionado pelo Ministério Público, que em Florianópolis, já acompanha as ações da FUCAS.
Com o comodato definido, a Cozinha Comunitária, entidade de combate à fome com oito anos de atuação no Morro do Colchão e 34 mil refeições servidas à criança carente somente no ano passado, sofrerá mudanças na sua forma de atuação. A instituição não irá mais manter os programas alimentares, mas direcionar seu trabalho às crianças de zero a seis anos de idade – com cursos de gestantes, dicas de nutrição e orientações diversas.
Segundo Ivete, como a Fucas fará todo o trabalho a partir dos seis anos, não apenas distribuindo alimento através de uma futura cozinha industrial, mas capacitando os jovens, a ACCIB passa a cuidar da infância até os seis anos de idade. A Fucas pretende investir na instalação do novo Núcleo de Assistência Social (NAS) de Barra Velha (onde atualmente estão os dois pavilhões da ACCIB) um total de R$ 1 milhão e 500 mil nos próximos anos.

REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você