24.3 C
Piçarras
domingo 25 de fevereiro de 2024


Prefeitura aguarda MEC autorizar

Ouça a Matéria

Anunciada em julho do ano passado, a construção do Centro de Educação Infantil na região central de Balneário Piçarras ainda não saiu do papel. Com recursos provenientes do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), o Governo Municipal alega que entraves administrativos do Governo Federal impediram o começo da obra, que agora passará por novo processo licitatório.

 
Segundo o assessor Administrativo da Secretaria de Educação, Valdinei Gonçalves, a empresa vencedora da licitação realizada no ano passado, a Casa Alta, desistiu de realizar a obra em virtude de ter assumido outras obras federais. Com isso, o processo da obra acabou sendo paralisado no Ministério da Educação. “Mas a obra está garantida. Já temos R$ 749.110,77 empenhados e agora aguardamos a autorização federal para licitar a obra”, disse.
 
A primeira licitação foi promovida pelo Governo Federal ao valor de R$ 1.498.221,54 para construção de uma Creche tipo B na metodologia inovadora. Valdinei frisa que agora a obra será licitada pela Prefeitura e terá um valor mais elevado para construção de uma Creche do tipo 1 na metodologia convencional: R$ 1.888.084,32. 
 
 “Com isso o número de crianças atendidas passa de 120 para 180”, salientou.  Valdinei salienta que a mudança da metodologia da creche é unicamente na forma da construção, sendo que a inovadora tem menor custo, tempo menor de execução e utilização de materiais sustentáveis.
 
Valdinei disse que o Governo aguarda a aprovação final da adequação do projeto arquitetônico (padrão nacional) ao terreno onde a Prefeitura pretende erguer o prédio. O assessor finalizou que não há prazo para o Ministério da Educação aprovar a adequação. “O dinheiro ainda não está na conta, mas foi empenhado na semana passada”, finalizou, categorizando que a obra será realizada.
 
O terreno da creche fica na Rua Alexandre Guilherme Figueredo. Segundo o Governo,  a escolha do local está associada à pesquisa de demanda educacional elaborada pela secretaria de Educação, que apontou os bairros Nossa Senhora da Paz e Santo Antônio com maiores índices de crianças fora da creche.
 
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você