20.6 C
Piçarras
terça-feira 18 de junho de 2024


Construção da escola da Vila do Salto é retomada

“O Governo Municipal segue buscando junto ao FNDE que as parcelas sejam pagas em dia"

Ouça a Matéria

As obras de construção da nova escola da Vila do Salto, em Luiz Alves, foram retomadas este mês. Iniciadas desde 2014, mas paralisadas por conta da falte de repasses do Governo Federal, dois pagamentos foram efetivados no mês passado – permitindo que a empreiteira retornasse ao canteiro civil da edificação escolar que terá 12 salas.

Escola começou a ser construída em 2014

Dois repasses, somando R$ 565.400,00, foram feitos aos cofres municipais – após inúmeras reuniões do prefeito, Marcos Pedro Veber (PSDB), com a cúpula do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), em Brasília. As cobranças seguirão para que, com a retomada da obra, os pagamentos sigam o cronograma evolutivo dos trabalhos.

Atualmente a escola possui um percentual de 52,00% de obra executada. Somado os serviços realizados pelas duas empresas anteriores e o valor corrigido, a obra terá um custo final de R$ 3.448.777,84. “Podendo aumentar até a conclusão da obra”, pontua o Governo Municipal.  Até o momento, R$ 889.500,35 foram pagos à empresa Salver – que executa a obra.

“Nosso Município já é referência na educação na região da AMFRI, alcançando sempre boas notas no IDEB. Com mais uma unidade escolar totalmente equipada entregue, com diversas salas de aula para receber nossos estudantes e infraestrutura adequada, temos muito a crescer e desenvolver com os alunos, índices ainda mais positivos na educação luizalvense, que é 100% pública”, pontua o prefeito.

“O Governo Municipal segue buscando junto ao FNDE que as parcelas sejam pagas em dia, para que a obra possa finalmente ser concluída, após sete anos do seu início, pois esta estrutura vai beneficiar centenas de alunos luizalvenses, com ótima qualidade de infraestrutura, ensino e, ainda, vai poder comportar de forma ainda mais adequada a quantidade de alunos por sala de aula, garantindo o máximo de aprendizagem e desempenho”, encerra Marcos Pedro.

REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você