28.4 C
Piçarras
sexta-feira 1 de março de 2024


Atletas irão atravessar as Ilhas Itacolomi sobre uma corda

Ouça a Matéria

No dia 16 de fevereiro a adrenalina tomará conta de Balneário Piçarras. A partir das 10h será realizada a única travessia entre ilhas em alto mar do Brasil, com o Highline. Serão 10 atletas profissionais de toda a região, incluindo homens e mulheres, desafiados a atravessarem uma fita de 80 metros de comprimento, a 35 metros de altura.

O espetáculo é aberto a toda comunidade. Como as Ilhas ficam a uma certa distância da costa, será preciso ir até o local de barco, podendo ser próprio, alugado. Outra opção é a escuna Vó Nica que fará a saída às 9h30 para um passeio até a ilha feia e depois segue para as Ilhas de Itacolomi, o valor é de R$45 por pessoa.

Nesta segunda edição, a equipe conta com um maior número de atletas, totalizando 10 esportistas participantes. Outra novidade deste ano é participação de 4 atletas femininas na travessia. Na equipe estão entusiastas do slackline e atletas profissionais que irão apresentar um grande espetáculo de adrenalina e equilíbrio.

No dia que precede o evento, os atletas farão uma visita as ilhas para a ambientação antes do evento e para realizar a coleta de lixos presentes no local. “Não existe ‘fora’, tudo o que consumimos irá parar em algum lugar. Então devemos ter mais cuidado com o que consumimos e descarta-los da forma correta”, conta o atleta piçarrense, Henrique Pereira.

O que é highline?

Conseguir se equilibrar em uma fita presa pelas pontas há muitos metros de altura do chão é basicamente o resumo do que é o highline. A modalidade é uma versão do slackline (linha folgada) que surgiu por volta da década de 1980, quando um escalador que estava acampado no Parque Yosemite nos Estados Unidos, esperando por uma janela climática, resolveu andar sob uma das cercas de correntes do parque.

Percebendo o potencial, resolveu esticar suas fitas entre duas árvores para praticar melhor. A brincadeira fez sucesso entre os escaladores e o parque passou a utiliza a modalidade como exercício para concentração e equilíbrio. Logo alguns dos atletas resolveram levar a fita para o topo de uma montanha para praticar a centenas de metros do chão, nascendo o highline (linha alta).

Foto por: Guartela Filmes

REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você