24 C
Piçarras
quinta-feira 18 de abril de 2024


Lucas Dunka coloca uma das mãos no troféu do Campeonato Brasileiro de Motocross

Ouça a Matéria

Os resultados conquistados pelo piçarrense Lucas Dunka (JP Racing) nas quatro baterias da 4ª e 5ª etapas do Campeonato Brasileiro de Motocross o credenciaram a colocar uma das mãos na taça. Com três primeiros e um quinto lugar na etapa de Atibaia (SP), corridas dias 19 e 21, Lucas se isolou na liderança da categoria MX2 com 63 pontos de vantagem. Outros cem pontos estão em disputa.

“Final de semana muito bom aqui em Atibaia. Graças a Deus, venci três de quatro baterias disputadas. Na última bateria da elite, acabou estourando meus calos quando estava liderando a MX2 e decidi andar mais tranquilo”, postou o piloto, que pode se sagrar campeão já na primeira bateria da próxima etapa – que novamente será dupla: dias 10 e 12 de dezembro, em Ibirubá (RS), com a 6ª e 7ª etapas.

Com as novas vitórias, cada vale 25 pontos, Lucas Dunka soma 241 pontos. Leonardo Souza (Pro Honga) tem 178 pontos, na segunda colocação, Pedro Henrique Rosa Bueno (Yamaha Racing) está em terceiro, com 174. Das dez baterias disputadas até agora, Lucas venceu nove, contexto que o credencia ainda bicampeonato nacional.

Lucas ingressou na Honda Racing na temporada de 2018.  Após um ano de adaptação, em 2019 e 2020, Lucas conquistou o título nacional no Arena Cross, na categoria AX2. Em 2020 também foi campeão do Campeonato Brasileiro de Motocross da categoria MX2. Antes, em 2016, foi o campeão catarinense de motocross nas categorias MX-1 e MX-2, conquistas que colocaram seu nome em evidência no cenário. Em 2017, foi vice-campeão catarinense na MX-1.  

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você