25 C
Piçarras
terça-feira 23 de abril de 2024


Lucas Dunka lidera o Campeonato Brasileiro de Motocross

Ouça a Matéria

Em seu retorno ao cenário nacional, o piloto piçarrense de motocross lidera o Campeonato Brasileiro, na categoria MX2, da qual ele é o atual campeão. Ele venceu as quatro baterias disputadas nas duas primeiras etapas da competição, em Faxinal (PR) – que marcaram a abertura oficial da competição que reúne os principais pilotos do Brasil.

As duas primeiras etapas foram disputadas em um único final de semana, 27 a 29 de agosto – em calendário atípico por conta do momento pandêmico. O piloto piçarrense da JP Racing, correndo uma YZ 250cc 2 tempos (2020), soma 100 pontos, uma vantagem de 20 para o segundo colocado, Pedro Henrique Rosa Bueno, piloto da Yamaha Racing.

“Respeita minha história! Final de semana perfeito, quatro baterias e quatro vitorias, mais motivado do que nunca de continuar esse campeonato! Muito obrigado pela torcida e mensagens de apoio”, desabafou o piloto de 23 anos. “Estou muito feliz. Começar o campeonato vencendo é uma motivação extra. Tive 1 mês e 15 dias de preparação que foram os mais intensos dos últimos anos, só tenho a agradecer ao meu preparador físico Moiano, a toda equipe JP Racing e também a todos meus patrocinadores e apoiadores”, acrescentou.

Lucas ganhou o cenário nacional ao se tornar piloto da Honda Racing, escuderia por onde correu nas temporadas 2018, 2019 e 2020. Este ano, havia anunciado sua saída da equipe e o afastamento das competições de alto nível, decisão que foi revista em julho diante da parceria com a JP Racing, que tem ainda o apoio da Alpinestars, Gaia Mx, 595 Tattoo, Ferramentaria JN e Rudnick Motos.

Segundo a Confederação Brasileira de Motociclismo, o campeonato terá sete etapas. A próxima está prevista para o dia 3 de outubro, em Fagundes Varela (RS). Dia 22 de outubro será em Três Lagoas (MG), cidade que aportará duas etapas, e 19 de novembro em Atibaia (SP) – encerrando a competição.

Além Campeonato Brasileiro, Lucas tem presença garantida no Arena Cross – que terá três etapas, com a primeira confirmada para o próximo dia 25 de setembro, em Caraguatatuba (SP). O piloto piçarrense disputará a principal categoria, a PRO. Em 2020 Lucas, correndo pela Honda Racing, conquistou o bicampeonato da categoria AX2 do Arena Cross, uma abaixo da PRO. Agora, o desafio é a nova categoria e os pilotos com as poderosas quatro tempos.

Lucas ingressou na Honda Racing na temporada de 2018. Após um ano de adaptação, em 2019 e 2020, Lucas conquistou o título nacional no Arena Cross, na categoria AX2. Em 2020 também foi campeão do Campeonato Brasileiro de Motocross da categoria MX2. Antes, em 2016, foi o campeão catarinense de motocross nas categorias MX-1 e MX-2, conquistas que colocaram seu nome em evidência no cenário. Em 2017, foi vice-campeão catarinense na MX-1.   

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você