24.5 C
Piçarras
terça-feira 16 de abril de 2024


Assaltos em Penha preocupam moradores

Ouça a Matéria

Um número alarmante de assaltos tem assustado os moradores de Penha nos últimos meses. O aumento de crimes à mão armada, furtos e até homicídios parece pegar de surpresa a população que estava acostumada com a calmaria da cidade litorânea. A Polícia Civil do município garante a forte atuação, porém, moradores ainda cobram políticas públicas mais efetivas.
Estabelecimentos como casas lotéricas e bancos são os que mais sofrem com a represália dos bandidos, que agem a qualquer hora do dia, e normalmente conseguem concretizar a fuga. “Nós sabemos que o número de furtos na região aumentou significativamente. Porém, estamos atuando fortemente. Fizemos diversas prisões, praticamente todos os dias capturamos ao menos um meliante”, explica do delegado da Polícia Civil de Penha, Ademar Luiz Pereira. Esse ano o número de furtos a automóveis, por exemplo, já chegou a 19, onde a polícia conseguiu realizar oito recuperações.
Não fugindo das estatísticas, Penha segue o caminho das grandes cidades do país. Dados da Polícia Militar revelam que, em 10 anos, o número de assaltos à mão armada aumentou 400% na capital do estado. Pereira atribui o aumento da violência ao número crescente do envolvimento de menores no crime. “Muitos garotos com menos de 18 anos são capturados mais de duas vezes e temos que soltá-los devido a idade”, acrescenta o delegado.
A intenção da PC de Penha é a efetivação de mais dois policiais no município. “O Chefe da Polícia Civil (o Delegado Maurício Eskudlark), já está ciente da nossa situação e nos garantiu a vinda de mais dois policiais, porém ainda não sabemos quando conseguiremos esse reforço”, avalia Pereira. Nas próximas semanas, de acordo com o delegado, o município terá o apoio de uma força tarefa da Central de Operações Policiais (COP) de Itajaí, que já atuou da mesma maneira em Navegantes, em combate a criminalidade.
“Nós temos planos de ação diários, sempre montamos estratégias para conter o índice de furtos no município. Acredito que com a ajuda do COP poderemos montar um plano mais eficiente e minimizar esse problema”, conclui o delegado.

Vereador quer instalação de câmeras 24 horas no município
Na ultima segunda-feira, 29, durante a sessão da Câmara de Vereadores de Penha, o vereador Jesuel Francisco Capela, (PSDB), apresentou um requerimento sobre a possibilidade da implantação de câmeras 24 horas no município. A intenção é inibir a criminalidade.
O requerimento Nº 60/2010, questionava a possibilidade de instalação de um sistema vigilância 24 horas através de câmeras estrategicamente posicionadas no município. “A ideia é que essas câmeras fossem monitoradas pela polícia militar ou por uma empresa de segurança, com a intenção de inibir a criminalidade que vem crescendo diariamente no Município”, explica o vereador. Capela cita o sistema implantado em Itajaí como exemplo, onde as ocorrências diminuíram significativamente.
De acordo com o vereador as Câmeras deverão ser instaladas em pontos estratégicos, como nas entradas dos Bairros, registrando o fluxo de visitantes e possibilitando identificação quando necessário, contribuindo com a realização do serviço dos policiais militares e amenizando a angustia da população.

 

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você