21.1 C
Piçarras
quinta-feira 23 de maio de 2024


Projeto ?bombeiros mirins? pede apoio de empresas

Ouça a Matéria

Com o objetivo de formar cidadãos de ação no auxílio e assistência à comunidade, o Projeto Bombeiro Mirim, desenvolvido gratuitamente desde 2008 pelo Corpo de Bombeiros Militares do município, está à procura de patrocinadores para poder ampliar o número de alunos e garantir a formação de crianças e adolescentes.
O programa possui atualmente 60 alunos e é ministrado três vezes por semana pelo soldado Idemar Trevisani nas segundas, terças e quartas-feiras. Durante as aulas são repassados conhecimentos sobre prevenção e combate a incêndios, orientações sobre como praticar o rapel e tirolesa, além de simulações de resgate aquático e atendimento pré-hospitalar. Dentro das novidades, o programa vai acrescentar informações contra as drogas.
Ainda nesse ano, a faixa etária dos alunos está estipulada entre 09 e 13 anos de idade, mas em 2011 a intenção de Idemar é aumentar a idade máxima para poder oferecer o programa a alunos entre 10 e 15 anos, que cursem de 5ª a 8ª Série. “O programa é gratuito para os alunos, porém para o curso funcionar cada inscrito deve ter sua farda. Precisamos do patrocínio de empresas para conseguir comprar o uniforme que inclui boné e moletom. Nas peças pode ir impressa a logomarca dos patrocinadores. Atualmente contamos com o apoio da Comfloresta”, explicou o instrutor. As empresas que queiram patrocinar o programa poderão inclusive fazer isenção do ICMS através do repasse financeiro pela Associação dos Bombeiros Comunitários.
Segundo Idemar o programa serve para afastar as crianças das drogas e da inatividade. O curso permite a integração social e o aumento da auto-estima do aluno. “Pretendemos fazer uma parceria com as escolas para que o aluno somente possa subir de nível quando tiver boas qualificações na escola. Desta forma conseguimos incentivar a formação escolar e a instrução no curso ao mesmo tempo”, disse.
O objetivo do programa é inserir os ensinamentos de Bombeiros, o comportamento e principalmente a disciplina através da ordem unida, onde a criança consegue compreender e desenvolver suas capacidades e limitações, dando a elas principalmente auto – confiança. “Acredito que dentro de uma sociedade tão conturbada em que vivemos o mundo das drogas está cada vez mais próximo de nossos jovens, principalmente aqui em nosso litoral. Apesar de ser uma cidade muito linda, não se incentiva o turismo, não há perspectiva de futuro para nossas crianças e adolescentes, além do verão, não há trabalho na cidade fora da temporada, e os pais não tem condições de proporcionar nada além da escola. Quantas crianças e adolescentes ficam de fora do projeto por não ter condições de comprar um agasalho? Fica aqui meu apelo para as pessoas ou empresários que acreditam num futuro melhor para nossas crianças e adolescentes, que me procure para que juntos possamos fazer um pouco mais para todos”, encerrou Ideamar.
Para entrar em contato com o instrutor do programa: [email protected] ou pelo fone: 84058270.
 

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você