26.1 C
Piçarras
quinta-feira 29 de fevereiro de 2024


Polícia Civil cumpre mandado de busca e apreensão na Secretaria de Saúde de Baln. Piçarras

Ouça a Matéria

A Polícia Civil de Balneário Piçarras cumpriu na manhã desta segunda-feira, 25, mandado de busca e apreensão de documentos na Secretaria de Saúde de Balneário Piçarras. Segundo a delegada, Danielle Gonzalez, a ação se baseia em denúncia de que médicos não estariam cumprindo a carga horária de trabalho completa em conformidade com seus contratos.

“Para verificar a assiduidade dos médicos (ação de busca de apreensão)”, resumiu a delegada ao Jornal  do Comércio. Ela, contudo, disse não poder fornecer maiores detalhes sobre a investigação em virtude de ela transcorrer em segredo de justiça. Dados de atendimentos, escalas, contratos e cartões ponto foram coletados pelos policiais – de um período de 2016 até agora.

A investigação envolve todos os setores da Secretaria, como o Pronto Atendimento 24h (P.A 24h), Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) e também os setores com especialidades médicas. “É uma ação completa. Estamos investigando tudo”, completou a delegada. A documentação coletada vai municiar o inquérito policial, aberto para analisar a questão.

A investigação é um complemento a recente ação do Ministério Público do Estado (MP/SC), através da 2ª Vara do promotor Luiz Felipe de Oliveira Czesnat. Documentação semelhante já havia sido solicitada a Secretaria de Saúde, que informou ter repassado todos os dados solicitados.

O secretário de Saúde, Vinício José Santos, e o procurador jurídico da Prefeitura, José Grava Neto, acompanharam e colaboraram com a ação policial. “Estamos tranquilos com a investigação. Estamos colaborando com o trabalho dos policiais e fornecendo todas as informações necessárias para que a verdade seja esclarecida”, afirmou Vinício.

O Governo Municipal reforçou que já está colaborando com toda a investigação, ressaltando que no começo do ano fez a compra de novos pontos eletrônicos para todas as UBS’s. “Percebemos ações que visam a moralidade em todo o território nacional. É importante a apuração do caso, já que sendo verificada qualquer irregularidade administrativa o município instaurará o competente procedimento, visando a aplicação da sanção cabível”, encerrou Grava Neto

 

Foto por: JC

REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você