24 C
Piçarras
quinta-feira 18 de abril de 2024


Quarta reunião do Conseg de Balneário Piçarras discutirá câmeras de monitoramento

Ouça a Matéria

O Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) de Balneário Piçarras promove nesta quinta-feira, 11, às 18h30, no Plenário Oscar Francisco Pedroso da Câmara de Vereadores, sua quarta reunião pública. O tema da discussão, também transmitida ao vivo pelo YouTube, será “Câmeras de monitoramento e sistemas inteligentes de prevenção ao crime”.

Representante da empresa Urbanii – que possui dezenas de câmeras e totens instalados na cidade através de convênio com a Prefeitura – vai falar sobre como o monitoramento é realizado. Por conta da nova Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), o acesso a essas câmeras, que antes era público, ficou restrito à municipalidade e setores de segurança.

Na outra vertente da reunião, a empresa Protenet sobre “Câmeras OCR e plataforma de gerenciamento”. “Na ocasião ocorrerá a apresentação de case de sucesso na cidade de Brusque, com a instalação das câmeras OCR (optical Character Recognition – sigla em inglês para Reconhecimento Óptico de Símbolos”, detalha o secretário do Conseg, João Forte.

A reunião também será transmitida ao vivo pelo YouTube, no canal oficial do Conseg. A presidente do Conselho, Raphaela Staack Michel, convida a sociedade à discussão. “Segurança Pública envolve tudo, não só autoridades, mas como indivíduos também. Se conseguirmos mudar percepções e se conseguirmos união, conseguiremos atuar na Segurança Pública como um geral. E sim, estamos buscando novos membros que pensam pra frente, com atitudes/ideias, não só reclamações”.

Os questionamentos sobre a segurança estão em crescente na cidade, especialmente pelo número de furtos e roubos a residências e comércio. Na terceira reunião do Conseg, realizada em outubro, o capitão da Polícia Militar de Penha e Balneário Piçarras, João Gabriel de Moura Iglesias, apresentou número locais de janeiro a agosto.

No documento, a PMSC aponta que no período foram registrados oficialmente 183 furtos e 39 roubos em Balneário Piçarras. O capitão ainda comparou com Penha (254 furtos e 35 roubos) e Barra Velha (362 furtos e 63 roubos), analisando que os dados piçarrenses são abaixo da realidade estadual.

Pelo relatório, o efetivo de 19 policiais realizou a prisão em flagrante de 89 marginais, produziu 113 termos circunstanciados por tráfico de drogas (64 quilos de maconha, 1,2 quilo de crack e 35 comprimidos de extasy), recuperou 43 veículos furtados e aprendeu cinco armas de fogo. Nos oito primeiros meses, foram 3.320 ocorrências atendidas.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você