24 C
Piçarras
quinta-feira 18 de abril de 2024


Licitação definirá empresa para construção da nova ponte sobre o Rio Gravatá

Ouça a Matéria

Acontece no próximo dia 10, a licitação – no modelo Tomada de Preço – para contratação de empresa especializada para construção da nova ponte sobre o Rio Gravatá, no limite entre os municípios de Penha e Navegantes. Num acordo entre as gestões municipais, a licitação será realizada pela Prefeitura de Penha. A obra, por sua vez, receberá aporte financeiro do Governo do Estado após articulações políticas de ambas as gestões.

O valor inicial previsto no projeto arquitetônico é de R$ 2.769.101,87. “Graças a intermediação da deputada estadual Ana Paula da Silva, a Paulinha, o governador Carlos Moises se sensibilizou com a causa e confirmou que o Estado vai fornecer os recursos financeiros para essa importante obra de mobilidade e segurança. Uma vitória para a sociedade de Penha e Navegantes”, afirmou o prefeito, Aquiles da Costa (MDB).

Recentemente, a deputada estadual esteve na região e conheceu a situação precária da estrutura – que tem intenso tráfego diário – levando a demanda às mãos do gestor estadual. “Essa obra é por vocês. Quando o Moisés assistiu ao vídeo, quando ouviu o apelo dos pescadores, imediatamente ele se comprometeu com essa obra”, detalhou a deputada, em vídeo feito ao lado do governador, do prefeito de Penha e do prefeito de Navegantes Liba Fronza.

Pelo projeto idealizado pela Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí, a nova ponte – que também possui viés arquitetônico turístico – terá 26 metros de extensão e 14,8 metros de largura e um vão maior, justamente para facilitar a navegação “Para favores a passagem de embarcações, especialmente da pesca artesanal, que utiliza o canal como forma de chegar ao oceano em busca do sustento familiar diário”, reforçou Aquiles. Ciclovia e passeio também compõe a estrutura.

“Nós apenas vamos realizar a licitação, após uma conversa com o prefeito de Navegantes – que também tem responsabilidade sobre a obra. Com o repasse Estadual, a questão sobre divisão de custos se encerra e a sociedade num todo se beneficia”, finaliza Aquiles. Por meio da Tomada de Preço, a Prefeitura garantirá o cadastro da empresa interessada em executar o serviço, autorizando a iniciar a obra assim que o valor for repassado pelo Governo do Estado.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você