27 C
Piçarras
segunda-feira 26 de fevereiro de 2024


Pesquisa revela alto percentual de eleitores indecisos em quem votar a governador

De forma espontânea, 55,20% de 1.250 eleitores consultados pela Visão Pesquisas disseram não saber em quem votar ou não quiseram opinar

Ouça a Matéria

Os postulantes ao Governo de Santa Catarina têm uma missão decisiva neste início de campanha eleitoral: conquistar o voto do eleitor que ainda está em dúvida sobre quem escolher para o comando do Executivo catarinense. Foi isso que revelou a pesquisa realizada pela Visão Pesquisas, realizada no período de 17 a 23 de agosto, junto a 1.250 eleitores: 55,20% deles disseram não saber em quem votar ou não quiseram opinar.

Esse percentual foi obtido de forma Espontânea, quando nenhum candidato é apresentado como opção, revelando ainda que 17,12% estão indecisos. Na vertente contrária, com os candidatos listados, o percentual cai, apesar de seguir alto: 31,36%.

Neste mesmo quesito, mas para o cargo de presidente, os números mostram eleitores mais decididos: apenas 14,72% não sabem em quem votar espontaneamente. Com os nomes revelados, 17,20% se mostram indecisos.

Os eleitores consultados para a pesquisa são das cidades de Araranguá (2,88%), Blumenau (10,88%), Campos de Lages (4,56%), Canoinhas (3,84%), Chapecó (6,48%), Concórdia (2,32%), Criciúma (5,92%), Curitibanos (1,92%), Florianópolis (14,16%), Itajaí (9,12%) e Ituporanga (0,88%).

Numa parceria com a Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina – Adjori/SC, a Visão Pesquisas realizou a sondagem eleitoral. A margem de erro é de 2,5% e o nível de confiança é de 95%. O número de registro da pesquisa no TRE/SC é BR-01423/2022.

PESQUISA ESTIMULADA TEM MOISÉS E BOLSONARO NA FRENTE

Ao apresentar aos entrevistados os postulantes ao Governo do Estado, com seus respectivos vices, a chamada pesquisa estimulada, o atual governador aparece na frente, seguido pela chapa do PL. Carlos Moisés (Republicanos)/Udo Dohler (MDB) tem 15,84% e Jorginho Mello (PL)/Delegada Marilisa (PL) 14,24%.

Na sequência estão: Esperidião Amin (PP)/Dalírio Beber (PSDB): 11,20%; Gean Loureiro (União)/Eron Giordani (União): 9,12%. A candidatura de Décio Lima (PT)/Bia Vargas (PSB) recebeu 6,64% das intenções de voto. Outros candidatos somaram 2,56%: Professor Alex Alano (PSTU)/Gabriela Santetti (PSTU) 0,88%; a candidatura de Jorge Boeira (PDT) 0,56%; Odair Tramontin (Novo)/Ricardo Althoff (Novo) 0,48%; Ralf Zimmer (PROS)/Ana Lúcia Meotti (PROS) 0,48%; Leandro Borges (PCO)/Jair Fernandes (PCO) 0,16%.

Na primeira sondagem realizada pela Visão Pesquisas, após a confirmação das candidaturas pelas convenções partidárias, o presidente Jair Bolsonaro (PL) aparece à frente de seu principal opositor Luís Inácio Lula da Silva (PT). Na pesquisa espontânea, quando não se apresenta ao entrevistado uma lista de candidatos, o nome mais lembrado foi do presidente Jair Bolsonaro (PL), que recebeu 35,92% das citações, seguido pelo ex-presidente Lula, mencionado por 29,28% dos eleitores. Na estimulada, Bolsonaro tem 37,92% e Lula 32,16%.

SEGUNDO TURNO

Os diversos cenários pesquisados mostram uma disputa bastante acirrada entre os quatro primeiros colocados, tecnicamente empatados em função da margem de erro da pesquisa. Em todas as simulações de segundo turno, permanecem elevados os números de indecisos, de brancos/nulos e dos que não pretendem votar em nenhum candidato. No confronto Moisés x Jorginho Mello, o candidato do PL aparece com 22% e o atual governador registra 21,28%. No duelo com Amin, Moisés soma 23,20% e o progressista 17,68%. Já no embate entre Esperidião Amin e Jorginho Mello, o postulante do PL contabilizou 22,40% e o progressista figurou com 18,08%.

A Visão Pesquisas sondou o cenário para segundo turno no confronto das chapas de Bolsonaro x Lula. O atual chefe do Executivo Federal aparece com 41,20% das intenções de voto e o petista com 35,68%. Indecisos somam 12,08%; Branco/Nulo/Não vai votar: 9,36%; Não opinaram 1,68%.

REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você