19.4 C
Piçarras
segunda-feira 22 de abril de 2024


Defesa Civil de Santa Catarina alerta para formação de dois ciclones

“Para os próximos dias a previsão indica a formação de dois ciclones extratropical no Litoral Sul do Brasil, condição que é normal para essa época do ano”

Ouça a Matéria

A Defesa Civil de Santa Catarina publicou nesta quarta-feira, 5, nota meteorológica de previsão para formação de dois ciclones no Litoral do Sul do Brasil. O site especializado em meteorologia, MetSul, acrescenta que os três estados do Sul têm risco de chuva forte, temporais e ressaca a partir da noite desta sexta-feira, 7.

“Para os próximos dias a previsão indica a formação de dois ciclones extratropical no Litoral Sul do Brasil, condição que é normal para essa época do ano em que a climatologia de sistemas indica a formação de um ciclone por semana nesta região”, pontua a Defesa Civil catarinense. O primeiro ciclone deve se formar entre sexta e sábado (7 e 8), sobre o mar entre o Litoral Sul de Santa Catarina e o Litoral Norte do Rio Grande do Sul.

“A maior influência deste sistema em Santa Catarina deve ser observado na manhã do domingo com a ocorrência de chuva moderada e com acumulados estimados de 40 a 50mm em 24h, atingindo o extremo sul do Litoral Sul”, prevê a Defesa Civil. O segundo ciclone tende a se formar entre a segunda e a terça-feira (11 e 12), provocando chuva, rajadas mais intensas de vento e deixando o mar agitado e com risco de ressaca em Santa Catarina.

“Como sua formação tende a ocorrer entre o Litoral do Rio Grande do Sul e do Uruguai, a maior influência em Santa Catarina deve ser sentido com relação ao vento sul na faixa litorânea e na agitação do mar com a condição para ressaca e alagamentos costeiros”, destaca a Defesa Civil – que acompanha constantemente a previsão, formação e comportamento dos sistemas meteorológicos que atingirão o estado.

“E, já está avaliando a evolução das previsões destes sistemas. Caso seja necessário, emitirá avisos e alertas a tempo para a preparação e resposta a possíveis ocorrências”, encerra o órgão. 

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você