26.1 C
Piçarras
terça-feira 16 de abril de 2024


Ferry boat e barco de pesca se chocam durante travessia no Rio Itajaí-Açu

“O fato ocorreu na área restrita de manobra, preferencial do Ferry Boat. Não houve feridos”

Ouça a Matéria

Uma embarcação pesqueira e o ferry boat – que realiza a travessia do Rio Itajaí-Açu, entre Itajaí e Navegantes – se chocaram na manhã desta quarta-feira, 24. Relatos dos envolvidos no acidente, que não deixou vítimas, dão conta de que o acidente foi motivado pela forte neblina. O caso será investigado pelas autoridades marítimas.


A empresa que administra o serviço de travessia, a NGI Sul, emitiu nota oficial sobre o incidente, confirmando o “abalroamento envolvendo uma de suas embarcações que colidiu com um barco de pesca. O fato ocorreu na área restrita de manobra, preferencial do Ferry Boat. Não houve feridos”.

Segundo o comunicado remetido à imprensa, o mestre da embarcação Santa Catarina XV da NGI Sul, alertou via rádio de que realizava a travessia do rio – não havendo comunicação de nenhum outro barco a não ser da frota da empresa. Porém, acabou sendo surpreendido pelo barco de pesca.

Caso será investigado pelas autoridades marítimas

A embarcação da NGI Sul foi retirada das “operações para reparos e um reserva, permite que quatro embarcações realizem a travessia normalmente”, categorizou a empresa.

Em áudio vazado nos grupos de pesca, o mestre do barco Trimar XVII – envolvido no acidente – afirmou que comunicou via rádio sobre sua saída em direção ao oceano e que por isso a travessia do ‘ferry’ deveria ter sido realizada com maior atenção e com minuciosa análise dos radares. Pontuou ainda que conseguiu promover manobra emergencial para evitar um acidente maior.

NOTA OFICIAL

A NGI Sul informa que na manhã desta quarta-feira (24) foi registrado um abalroamento envolvendo uma de suas embarcações que colidiu com um barco de pesca. O fato ocorreu na área restrita de manobra, preferencial do Ferry Boat. Não houve feridos.

O incidente teve como possível causa a neblina. Segundo relato do mestre da embarcação Santa Catarina XV da NGI Sul, houve um alerta via rádio que ele realizava a travessia do rio, não havendo comunicação de nenhum outro barco a não ser da frota da empresa, sendo assim surpreendido pelo barco de pesca.

A protocolo náutico determina que em casos de neblina e mau tempo, cabe ao mestre realizar este alerta evitando possíveis ocorrências.

A empresa esclarece que não houve registro de vítimas entre usuários e sua tribulação, apenas danos materiais.

Caberá agora a Autoridade Marítima a investigação do acidente.

O Ferry Boat envolvido no incidente foi retirado das operações para reparos e um reserva, permite que quatro embarcações realizem a travessia normalmente.

Por fim a NGI Sul informa que prestou auxílio aos usuários e reforça seu compromisso com a segurança e estará a disposição das autoridades para prestar quaisquer esclarecimentos.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você