14 C
Piçarras
quarta-feira 29 de maio de 2024


Júri do Bandeira Azul pré-aprova certificação de maior trecho para Balneário Piçarras

O júri pré-aprovou o segundo trecho, entre a rua 3.750 até a divisa com Barra Velha, totalizando a possibilidade de 4.425 metros certificados em 2023/2024

Felipe Franco / JC
Ouça a Matéria

Balneário Piçarras pode ter 4.425 metros de sua orla certificados pelo programa de qualidade ambiental Bandeira Azul para a Temporada 2023/2024. A confirmação veio no último dia 30, quando o Júri Nacional do projeto se reuniu para avaliar a inscrição de 48 candidatos a receber a certificação que atesta práticas sustentáveis realizadas em praias, marinas e embarcações de turismo. O júri pré-aprovou o segundo trecho, entre a rua 3.750 até o limite com Barra Velha.

“Ele é um trecho de tentativa. A gente tem as análises de qualidade da água hoje, que é o ponto principal. A maior dúvida é se vai se conseguir manter ao longo do ano, uma vez que o tratamento de esgoto da CASAN ainda não atende todo o município. Então a gente obviamente tem a expectativa de conseguir a certificação”, explicou a presidente do Instituto do Meio Ambiente de Balneário Piçarras, Liára Rotta Padilha.

Decisão agora está nas mãos do Júri Internacional – Foto, Felipe Franco / JC

Além do segundo trecho, nominado por Praia da Ponta do Jaques, o setor entre o Molhe Norte (descida da Avenida Getúlio Vargas) foi pré-aprovado para ser recertificado pela sexta vez consecutiva. A cidade ingressou no programa pela primeira vez na Temporada 2018/2019. Agora, as pré-aprovações do Júri Nacional serão recomendadas para avaliação do Júri Internacional, que se reúne em setembro, em Copenhague, na Dinamarca, para avaliação final.

Com a expectativa de novas praias e marinas premiadas, o Brasil deve ampliar o número de locais certificados com a Bandeira Azul. Na última temporada, 29 praias e 11 marinas foram certificadas com o selo. Um dos destaques da temporada 2023/2024 é a candidatura da Praia de Itá, localizada nas margens do reservatório de Itá, no rio Uruguai, divisa de Santa Catarina com o Rio Grande do Sul, no interior do continente sulamericano. Se aprovada pelo Júri Internacional, a Praia de Itá será a primeira praia fluvial do Brasil a ser certificada com a bandeira azul.

PENHA TEM TRÊS PRAIAS

As praias Grande, da Saudade e Bacia da Vovó, em Penha, também foram pré-aprovadas para receberem a certificação na próxima temporada deverão. No último ano, por conta de uma ressaca na véspera do hasteamento, a destruição de parte do calçadão impediu que a Praia da Saudade ostentasse a bandeira.

O PROGRAMA BANDEIRA AZUL

A Bandeira Azul é um selo internacional que certifica praias ao redor do mundo que cumprem rigorosos critérios de balneabilidade, preservação ambiental, segurança, infraestrutura e acessibilidade. Para participar do programa, Balneário Piçarras foi aprovada por um júri nacional e outro internacional, reunido em Copenhagen, na Dinamarca. Dentre os diferenciais do município, destacam-se a balneabilidade, comprovada por um longo histórico de excelente qualidade de água, e a preservação da restinga.

Para cumprimento das exigências do programa, é necessário manter a praia própria para banho, realizar a manutenção de banheiros na faixa certificada, garantir a acessibilidade de cadeira anfíbia para portadores de necessidades especiais. Além disso, serão realizadas diversas atividades de educação ambiental mediadas por profissionais da área.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você