20.4 C
Piçarras
quinta-feira 23 de maio de 2024


Navegantes está entre os 100 destinos de turismo responsável do mundo

Ouça a Matéria

Nesta segunda-feira, 9, o município de Navegantes foi reconhecido como um dos melhores destinos sustentáveis do mundo durante a 9ª edição do concurso global TOP 100 Good Practice Stories – realizado pela organização holandesa Green Destinations e que tem como objetivo destacar e premiar as 100 histórias de boas práticas de turismo responsável no planeta. Itá, Urubici, Bombinhas e Bom Jardim da Serra também foram premiadas.

O resultado foi revelado em cerimônia ocorrida em Tallin, na Estônia. O município recebeu a certificação internacional por conta do projeto “Restinga Preservada, Nossa Orla Protegida”, em que relata no case o longo processo de recuperação da vegetação de sua orla. Um projeto que abrange educação ambiental, preservação do meio ambiente, permitindo que uma região central urbana coexista com o litoral de forma sustentável.

“É muito importante para Navegantes, pois mostra a seriedade com que estamos tratando o desenvolvimento da cidade, com sustentabilidade e respeitando nosso principal ativo turístico, uma praia com restinga preservada”

LIBA FRONZA

Navegantes foi uma das oito cidades brasileiras que receberam a certificação e uma das cinco representantes catarinenses. Itá, Urubici, Bombinhas e Bom Jardim da Serra também foram premiadas. Além disso, o projeto navegantino ficou entre os 10 melhores do mundo na categoria “Natureza e Paisagem”.  Os destinos selecionados, além de receberem visibilidade global, são elegíveis para indicação ao Green Destinations Stories Awards, divulgado na ITB Berlin, principal feira de turismo do mundo.

Para o prefeito Liba Fronza, o reconhecimento “é muito importante para Navegantes, pois mostra a seriedade com que estamos tratando o desenvolvimento da cidade, com sustentabilidade e respeitando nosso principal ativo turístico, uma praia com restinga preservada”.

Para que Navegantes chegasse a esta conquista, foi necessário um trabalho coordenado por uma equipe formada pelas secretarias municipais de Turismo, Comunicação Social, Desenvolvimento Econômico, Instituto Ambiental de Navegantes (IAN) e Fundação Cultural, além da parceria com o Programa DEL (Desenvolvimento Econômico Local), iniciada em março deste ano. Agora com a certificação, há uma nova fase etapa para eleger o top 3 de cada categoria, ou seja, mais uma etapa de trabalho para a equipe navegantina garantir mais um reconhecimento. A premiação acontecerá em março de 2024, em Berlim, na Alemanha.

Processo de recuperação começou em 2002

RECUPERAÇÃO DA ORLA

O município conseguiu a certificação diante da preservação da orla de sua praia, que iniciou com o processo de retirada das construções em áreas não edificantes e substituição das plantas exóticas por vegetação nativa, em cumprimento ao Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta firmado em novembro de 2002 com o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC).

Desde então, o município vem executando a recuperação ambiental da área de preservação permanente, por meio de projetos que ajudaram a conter a compactação da areia e trazer de volta a vegetação nativa fixadora e reformulação das dunas na orla — o que contribuiu em conter o avanço do mar — com grande sucesso no Centro, além de colocação de passarelas ecológicas que evitam a degradação da vegetação e dunas, com foco na sustentabilidade.


O Que É Green Destinations?

Criada na Holanda em 2014, a Green Destinations é uma organização global sem fins lucrativos que apoia destinos, seus negócios e suas comunidades a se desenvolverem de maneira mais responsável e sustentável. O Programa de Certificação ‘Awards & Certification’ está dentro dos serviços da organização e é reconhecido pelo Conselho Global de Turismo Sustentável (GSTC).


Bombinhas integra o Top 100 do mundo com programa Escola do Mar

Pelo terceiro ano consecutivo, Bombinhas foi selecionada no concurso internacional ‘TOP 100 Melhores Histórias de Destinos Responsáveis’, da fundação holandesa Green Destinations. Todos os anos, a competição premia 100 histórias de boas práticas que inspiram destinos e lideranças do turismo responsável.

A seleção de 2023 incluiu Bombinhas com o Programa Escola do Mar para compor a lista, na categoria ‘Comunidades Prósperas’.  O Programa Escola do Mar é uma iniciativa que surgiu em 2017 e está vinculada à Secretaria Municipal de Educação. O programa atende estudantes em contra turno da rede municipal de ensino, com o objetivo de repassar conhecimentos de letramento oceânico, patrimônios culturais, sustentabilidade, empreendedorismo e práticas de movimento pesqueiro.

A coordenadora do programa, Silvana Leone, conta que a Escola do Mar busca proteger os recursos naturais e salvaguardar a identidade local. “O programa desenvolve nos alunos o espírito de guardiões do mar pelo letramento oceânico, formando mais currículos azuis e que prezam pela sustentabilidade e preservação da vida e dos oceanos”, explica.

Para o prefeito, Paulo Henrique Dalago Müller, o prêmio é um reconhecimento pelo trabalho desenvolvido. “A Escola do Mar é referência no repasse de conhecimentos e tradições bombinenses, e essa conquista demonstra um trabalho que é realizado por muitas mãos para construir um futuro mais sustentável para as próximas gerações”.

REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você