14 C
Piçarras
quarta-feira 29 de maio de 2024


Policial Militar lotado em Penha pede apoio para enfrentar doença neurodegenerativa

Ouça a Matéria

O Policial Militar lotado na Companhia de Penha, o soldado Jayder Fernando Oliveira Silva, está lutando por sua vida. Diagnosticado com uma doença neurodegenerativa, ele vem realizando tratamentos medicinais de alto custo e solicita apoio popular para dar continuidade aos procedimentos. Uma ‘Vakinha’ virtual foi criada e qualquer valor pode ser doado.

CLIQUE AQUI PARA AUXILIAR

Policial desde 2016, Jayder foi diagnosticado com uma doença do neurônio motor, uma condição neurodegenerativa que tem impactado drasticamente sua qualidade de vida. Essa doença tem tirado sua capacidade de falar, caminhar, respirar e realizar até mesmo tarefas simples do dia a dia – e ele tem enfrentado desafios que nunca imaginou, perdendo o controle sobre seu próprio corpo de maneira devastadora.


Apesar dos esforços, os planos de saúde e o sistema de saúde público não conseguem cobrir todos os custos necessários. Jayder precisa enfrentar despesas significativas, incluindo viagens, aluguel de aparelho BIPAP (para conseguir respirar), consultas particulares, aplicação de protocolos e medicamentos alternativos (como o Protocolo de Coimbra) e a adaptação de um quarto para suas necessidades especiais.

A família estima que R$ 100 mil sejam necessários. “Convido cada um de vocês a se unirem em apoio ao Jayder. Cada doação, por menor que pareça, contribuirá para aliviar o peso financeiro que ele e sua família enfrentam e permitirá que eles concentrem suas energias na luta contra essa doença implacável”, solicita a mensagem no site da ‘Vakinha’, que já recebeu o apoio de 833 pessoas para uma arrecadação prévia de pouco mais de R$ 56 mil.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você