30 C
Piçarras
sexta-feira 23 de fevereiro de 2024


Luto: Balneário Piçarras se despede de Agda Solange

Ouça a Matéria

Faleceu neste sábado, 27, aos 54 anos, a piçarrense Agda Solange Ribeiro de Carvalho Menezes. Servidora efetiva da Prefeitura de Balneário Piçarras, enfrento com bravura e sem retirar o sorriso da face um severo câncer – que a vitimou fatalmente. Seu velório se inicia às 23h na Capela Mortuária do Cemitério Municipal Jardim das Azaleias, em Balneário Piçarras; seu sepultamento está marcado para às 16h de amanhã, domingo, 28.

Ser de radiante energia, na Prefeitura de Balneário Piçarras foi estagiária em 2007 e se efetivou como agente jurídico em 1º de julho de 2008. “Sua dedicação incansável e paixão pelo serviço deixam um vazio em nossas vidas e na comunidade que ela tão diligentemente serviu. Que a memória desta incrível profissional inspire-nos a elevar nossos padrões e a valorizar ainda mais a nobreza do serviço público”, afirmou o Governo Municipal, em nota.

“Vai em paz minha querida. Amigos não se vão. Eles ficam dentro do coração para a eternidade

VIVIANE DAMIANI

Pelas redes sociais, sua mãe, Laura Ribeiro de Carvalho, comunicou aos amigos sobre a partida. “Permaneço com minha dor e luto em silêncio”, publicou Dona Laura. O irmão e o professor, Wagner Luiz de Menezes, também manifestou sua dor: “Com tristeza comunico o falecimento de minha irmã Agda Solange. Me recolho em silêncio”.

A amiga íntima de Agda, a ex-promotora de Justiça, Viviani Damiani, externou seus mais profundos sentimentos pela passagem. “Vai em paz minha querida. Amigos não se vão. Eles ficam dentro do coração para a eternidade. Você foi o maior exemplo de força, fé e vontade de viver. Leve isso consigo no novo e maravilhoso plano que te espera do lado de nossa senhora. Te amarei para sempre. Um dia a gente se encontra…”, escreveu.

“Eu conheci a Solange quando eu assumi aqui a promotoria em 1997 e desde sempre tivemos uma simpatia muito recíproca. A Solange era uma pessoa muito dinâmica, muito leal e trabalhamos juntas um período e, dada a possibilidade, antes da Prefeitura, onde ela veio trabalhar nos últimos anos. A amizade se estreitou e o que eu posso dizer da Solange que foi uma grande honra ter sido amiga dela. Ela sempre foi extremamente solidária, ela me ajudou demais também a Associação Vida Viva, ela distribuía várias e várias cestas básicas na época das confraternizações e uma boa filha, uma boa amiga, uma boa esposa, uma boa trabalhadora”, acrescentou Viviane.

“Você foi guerreira até o final e jamais perdeu a esperança. Minha querida irmã e amiga, o céu se abre para te receber”

MAURÍCIO KÖCHE

O advogado Maurício Köche, com quem Agda trabalhou por anos, também se pronunciou. “Ser de um coração grandioso. Sempre disposta a estender as mãos aos que procuravam ajuda .Eu tive o prazer de conviver com você por muitos anos.  Aprendemos muito um com o outro, rimos muito, auxiliamos muitas pessoas, até brigamos algumas vezes, como irmãos brigam. Você foi guerreira até o final e jamais perdeu a esperança. Minha querida irmã e amiga, o céu se abre para te receber. Tenho a certeza de que encontrará o descanso merecido e o acolhimento da espiritualidade maior. Fique bem! Fique em paz! Fique com Deus!”

“Agradecemos por cada riso, por cada movimento que nos inspirou, e lembraremos para sempre da magia que você trouxe ao mundo através da dança”

APAB

A Associação Parafolclórica Angelina Blahobrazoff, da qual Agda fazia parte, também teceu suas homenagens: “Querida amiga. Hoje, despedimo-nos com gratidão por cada passo de dança que você compartilhou conosco, transformando cada momento em uma celebração de alegria e graça. Sempre dançando com paixão e leveza, deixará uma marca eterna em nossos corações, com o espírito de cigana. Agradecemos por cada riso, por cada movimento que nos inspirou, e lembraremos para sempre da magia que você trouxe ao mundo através da dança. Até nos encontrarmos novamente, que seu caminho seja iluminado por notas melodiosas e danças eternas”.

Agda lutou bravamente contra a doença. Mantinha ativa sua rede pessoal de amigos, que a visitavam com frequência. Enquanto pode, esboçou o franco sorriso. Assim que a doença a impediu, sorria com os olhos. Celebrou aniversário em 21 de dezembro e recebeu acolhedor carinho. Mas, em 3 de dezembro, fez sua última postagem e que reflete sua personalidade: “Bora ser feliz?” Agda descansou.

1 COMENTÁRIO

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Julio Dutra arquiteto
Julio Dutra arquiteto
26 dias atrás

Conheci a Agda, a Dona Laura e o Wagner seu irmão, quando ainda muito jovens brincávamos e tínhamos um círculo de amigos aqui em Ibiporã no Paraná. Há mais de trinta anos que não há via e foi numa viajem com minha esposa e filho que fui visita-la em Piçarras. Ela queria saber de todos que aqui tinha deixado ainda jovenzinha, dos paqueras, dos amigos e de conhecidos. Ficamos por dois dias hospedados em Piçarras e ela foi nossa guia, amiga, preocupada em nos atender e se ficássemos lá mais tempo ainda teríamos assunto pra muito tempo. Quem bom que foi esse reencontro que nos provou que a amizade, por mais tempo que não se convive , ainda ocupa um lugar no nosso coracao.Vá em paz Agda mas sua energia ficará entre nós.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você