14 C
Piçarras
quarta-feira 29 de maio de 2024


Vereadores farão reunião com ANTT, em Itapema

Ouça a Matéria

A Auto Pista Litoral Sul, que detém a concessão da Rodovia BR 1010 entre Curitiba (PR) e Palhoça (SC), voltou a ser pauta na reunião do Poder Legislativo de Balneário Piçarras. O presidente dos vereadores, Oscar Francisco Pedroso (PMDB), anunciou que deve se reunir com órgãos ligados aos transportes terrestres para clamar por maior atenção ao município. Os vereadores prometem manifestações rigorosas caso melhorias não sejam realizadas em diversos sentidos.
Segundo Pedroso, nesta sexta-feira, 16, uma reunião deve ser realizada na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), em Itapema, com a presença da Senadora Ideli Salvatti (PT). Na pauta do encontro, antigas solicitações municipais: melhoria dos acessos, construção de marginais, retornos e maior sinalização. “Precisamos fazer algo neste momento, caso contrário, será tarde”, comunica o presidente.
Todos os nove vereadores de Balneário Piçarras devem participar da reunião, que ainda não foi oficialmente confirmada. “Queremos mostrar que o município está atento ao que eles (Auto Pista) querem fazer”, revela Pedroso, descrevendo a falta de atenção que a concessionário vem tendo com o município. O anúncio do encontro foi feito no final da sessão ordinária de terça-feira, 6, e a discussão ganhou fervor.
Os vereadores manifestaram sua insatisfação e chegaram a cogitar a hipótese de trancar uma das principais rodovias do país. Pedroso solicitou que até esta semana, todos os legisladores elaborem seus pedidos que serão norteadores de um grande documento de repúdio. As entradas de Balneário Piçarras, o possível fechamento do retorno no quilometro 97 devem e a falta de marginais devem ser os principais pedidos.
A revolta é motivada por uma série de fatores, que parecem ter extrapolado o limite do Poder Legislativo. Desde o início do ano, vereadores vêm apresentando requerimentos pedindo melhorias e em todos, não ouve resposta ou alguma ação benéfica por parte da empresa. Além disso, segundo Pedroso, uma reunião entre a Câmara e a empresa já foi articulada, mas sem sucesso. “Estamos tentando de todas as formas. Eles não respondem nossos requerimentos e não querem conversar conosco. Agora iremos partir para outros caminhos”, revela.
A reunião com a ANTT vai servir para conscientizar o órgão. Isso porque, todas as ações da Auto Pista Litoral Sul devem passar por sua autorização. Sem o aval, nenhuma melhoria ou fechamento de importantes acessos é realizado.
 

Foto por: Felipe Bieging

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você