19.4 C
Piçarras
segunda-feira 22 de abril de 2024


Democratas discutem a criação do PSD em Penha

Ouça a Matéria

O diretório penhense do Democratas (DEM) também assinou positivamente à criação do Partido Social Democrático (PSD). Já assinando a ata de fundação do novo partido no Estado, o presidente local, Luiz Fernando Vailati, o Ferrão, afirmou que irá aguardar o desfecho da história para iniciar a fundação da sigla em Penha.
“Nosso pensamento é aguardar o desenvolvimento do caso. Mas a tendência é acompanhar o governador”, afirma Ferrão, referindo-se ao anúncio de Raimundo Colombo de ida ao PSD. A citação é comprovada com a assinatura do diretório municipal ao documento que inicia a criação do PSD no Brasil e no Estado.
Para Ferrão, o PSD vai possibilitar o crescimento de nomes que hoje estão sem destaque no DEM. “Nós temos nomes fortes para disputar as eleições. Com esse novo partido, esses nomes ganham mais destaque”, acredita. “Muitos entram na política para participar ativamente, mas em partido de caciques é impossível”, critica o DEM.
Questionado sobre o futuro do DEM em Penha, Ferrão disse que irá reunir a executiva e conversar sobre o assunto. Contudo, a tendência é de o partido perder força. “Não sei o que vai acontecer. O DEM de Penha ficou estagnado porque sempre teve os mesmos líderes e mesmos pensamentos”, acredita.
Apesar de compreender politicamente a decisão do governador, Ferrão se disse surpreso com a notícia. “A princípio ficamos surpresos, até porque o partido cresceu muito no Estado”, frisou. “Lutamos muito para melhores e crescer, mas as divergências entre as regiões do Brasil causou esse desgaste e decisão de fundar um novo partido”, finaliza.
 

REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você