25.2 C
Piçarras
quinta-feira 29 de fevereiro de 2024


Projeto de lei denomina de ponte ‘Expedicionário João Claudino Martins’

Ouça a Matéria

Tramita na Câmara de Vereadores de Balneário Piçarras, o projeto de lei ordinária (PLO 06/2021), que denomina de “Expedicionário João Claudino Martins” a nova ponte sobre o Rio Piçarras – no limite com a cidade de Penha. O documento foi lido durante a sessão do último dia 1º de junho e deve ter sua discussão iniciada na próxima terça-feira, 8, assim que a Comissão Permanente exarar o parecer jurídico.

“Foi uma pessoa simples, nascido e criado em Balneário Piçarras. Criou seus filhos, foi pescador, foi carpinteiro, serviu ao Exército e foi para a 2ª Guerra Mundial defender a pátria. Acho que defender esse projeto e colocando o nome de Expedicionário João Claudino Martins na nova ponte de Balneário Piçarras é um orgulho para todo cidadão piçarrense”, defendeu o vereador proponente do projeto, João Bento Moraes (PSDB).

É justamente a trajetória da vida de Seu João Vidal – como era mais conhecido na cidade – que embasa a homenagem prevista no projeto, já chancelado por Adriana Ana Fortunato Linhares (PSDB), Maikon Rodrigues (PSDB), Terezinha Elizete Pinto (PSDB), Roberto Florindo (PSD) e Ademar de Oliveira (PSD), que subscrevem a autoria do documento. Sacramentando o apoio na votação, o projeto seguirá para sanção do prefeito municipal.

A nova ponte sobre o Rio Piçarras tem um valor total de quase R$ 4 milhões, via financiamento do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). Pelo projeto, a estrutura atenderá a demanda atual terrestre e náutica, possuindo um viés turístico e uma estrutura mais larga, contemplando áreas protegidas para pedestres, ciclofaixa e espaço para contemplação.

Ela conta com 58,8 metros de comprimentos, 5,48 metros de altura e um vão livre de 28 metros, que permitirá a navegação de barcos com até 60 pés. Contratualmente, a empresa tem até dia 4 de setembro para concluir a obra, conforme Termo Aditivo publicado no Diário Oficial, dia 9 de dezembro.

A VIDA DE SEU JOÃO VIDAL

João Claudino Martins, nasceu em Balneário Piçarras, em 30 de junho de 1920, filho de Vital Claudino Martins e Leopoldina Maria dos Passos. Era conhecido na cidade como João Vidal, por conta do nome de seu pai.

Aos 18 anos se alistou e serviu no batalhão de Blumenau por 4 anos, até ser convocado entre os 25 mil soldados para a 2ª Guerra Mundial, e foi para a Itália lutar. Participou de vários combates, entre eles o principal foi a tomada do Monte Castelo que foi o principal quartel general dos alemães.  Lutou pela pátria e voltou para casa após onze meses.

Casou-se em 24 de outubro de 1947, com Irene de Aguiar. Tiveram seis filhos:  Leonel José Martins, Maria Irani Martins, Heliete Martins,I solete Martins Farias, Herivelto Martins e João César Martins.

Quando voltou da guerra, trabalhou como carpinteiro da antiga USATI e foi pescador. Anos depois, foi chamado para trabalhar nos Correios como carteiro, ficando conhecido como Carteiro João Vidal.

Mesmo assim, mantinha o ofício de pescador, como forma de completar a renda familiar. Tinha sua bateira de pesca e trabalhou ao lado de pescadores muito conhecidos como Sr. Epifânio, Sr. Orlando, e Sr. Coceira entre outros. Também era habilidoso com sua tarrafa, e todo o resultado da pesca ajudava na subsistência da família.

Sofreu ao longo da vida com sequelas da guerra, mas era muito sábio e não costumava reclamar.  Faleceu em 10 de agosto de 1999, aos 79 anos.

Foto por: FELIPE FRANCO

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você