24.3 C
Piçarras
domingo 25 de fevereiro de 2024


“Quero ser a deputada dos municípios, que valoriza o desenvolvimento das cidades”, define a candidata Rosa Maria Tesser

Ela é candidata a deputada estadual na coligação que tem Esperidião Amin como candidato a governador do estado e Dalírio Beber de vice

Ouça a Matéria

A moradora de Balneário Piçarras, Rosa Maria Tesser, vem realizando campanha por todo estado em busca de uma das vagas na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc). Ela concorre junto à coligação Experiência para servir Santa Catarina (PP PTB, Federação PSDB/Cidadania), que tem Esperidião Amin como candidato a governador do estado e Dalírio Beber de vice. Até a caminhada que se encerra neste domingo, 2, Rosa Maria defendeu propostas sólidas em busca da simpatia do eleitor.

“Tenho cinco grandes bandeiras de atuação se eleita deputada estadual, a começar pelas áreas às quais me dediquei durante toda a minha vida, como a educação e a cultura. Como professora aposentada, pesquisadora e escritora especializada na Guerra do Contestado, sei o quanto cultura e educação podem gerar oportunidades não só para pessoas como também para as cidades. E por isso, emprego é também uma preocupação muito grande, e entendo que a geração de oportunidades de trabalho é uma questão sistêmica, ou seja, depende de uma série de ações do Poder Público, como formação profissional gratuita, infraestrutura viária para favorecer o setor produtivo e apoio às empresas que geram emprego. Como natural de uma cidade cercada de natureza, em Irani, tenho um compromisso forte também com o meio ambiente, e vejo que o potencial verde de tantos municípios catarinenses como também a sua história podem se tornar em vetores de desenvolvimento sustentável por meio de programas que estimulem o turismo. Por fim, mas não menos, quero ser a deputada dos municípios, que valoriza o desenvolvimento das cidades, buscando, na Assembleia Legislativa, defender os interesses e propor soluções para nossos municípios catarinenses, principalmente aqueles que mais dependem do apoio do Estado”, disse.

Esse é seu segundo pleito. Em 2014 foi candidata a deputada federal, “quando pude expor um pouco dessas lutas que sigo defendendo”. Ela reforça que sua base moral é um dos pontos fortes para um trabalho sério na vida política. “Minha vida sempre foi pautada em fazer o certo. Então essa é minha postura ao defender o interesse público. Creio que possa também colocar o conhecimento adquirido ao longo de tantos anos a serviço de Santa Catarina, como professora, pesquisadora e também servidora na área da cultura no Estado. A minha idade me dá uma visão de mundo diferente. E por isso tenho coragem para defender o que é certo e combater o mau uso do dinheiro público. Não estou preocupada com joguinhos de poder. Quero ser útil a Santa Catarina e às pessoas. É isso que me realiza”, acrescenta.

Seu trabalho ao longo da caminhada faz com que ela tenha autoridade para captar votos em todas as regiões do estado. “Busco votos em todo o Estado! Quero estar disponível e comprometida com todas as regiões. Por razões históricas, claro, tenho uma identificação com os municípios do Vale do Itajaí, do Vale do Rio do Peixe, do Planalto Norte e também do Vale do Contestado. Mas minha campanha busca apoio de todas as regiões. Quero ser uma deputada com amplitude estadual, porque todas as regiões precisam ser contempladas com isonomia, com igualdade, pois todas têm demandas comuns ou não que precisam do apoio do parlamentar na defesa dos interesses municipais na esfera do poder legislativo estadual”, finalizou.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você