21.2 C
Piçarras
terça-feira 18 de junho de 2024


Barra Velha terá Programa de Apadrinhamento de Crianças e Adolescentes em Serviço de Acolhimento

Ouça a Matéria

A Secretaria de Assistência Social de Barra Velha vai encaminhar à Câmara de Vereadores projeto de lei que cria o programa Apadrinhamento de crianças e adolescentes em serviço de acolhimento. A proposta foi antecipada pelo promotor da 1ª Promotoria de Justiça do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), Renato Maia de Faria, que esteve no parlamento municipal durante a sessão do último dia 21.

O apadrinhamento afetivo consiste em programa que visa a contribuir para que crianças e adolescentes em situação de acolhimento tenham possibilidade de construir e manter vínculos afetivos com famílias fora do acolhimento, receber atenção individualizada, orientação, apoio, ampliando a oportunidade de convivência social e comunitária.

O documento deve chegar à Câmara de Vereadores nos próximos dias. Segundo o secretário da pasta, José Idemar Trevisani, o projeto surgiu por “iniciativa do Poder Judiciário que solicitou para equipe técnica e coordenação da Instituição de Acolhimento a elaboração do projeto pensando nos adolescentes institucionalizados que apresentam pouca expectativa de retorno familiar”. 

O promotor, que pediu o apoio dos vereadores, disse que “esse projeto, que não tem custo nenhum para o Poder Público, ele busca, ele visa simplesmente possibilitar que pessoas da sociedade civil e empresas prestem um apadrinhamento aquelas criança e adolescentes que vão ficar lá. Através do ensino de um ofício, de uma profissão, através de um cuidado esporádico”.

Faria acrescentou que o programa se faz necessária diante da existência “de algumas crianças e adolescentes em uma situação muito complicada, do ponto de vista familiar. E, nós adotamos algumas medidas – que é a colocação delas em algum serviço, uma Casa de Acolhimento. Muitas dessas crianças não têm a possibilidade de serem adotadas. Elas já mais velhas, já passaram por grandes traumas na vida e algumas vezes tem consequências psicológicas, e elas estão sendo cuidadas pelo serviço de acolhimento – mas totalmente distantes da sociedade”.

1 COMENTÁRIO

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
trackback
Barra Velha: Promotor pede união dos poderes para não “perder o controle da nossa cidade”
25 dias atrás

[…] LEIABarra Velha terá Programa de Apadrinhamento de Crianças e Adolescentes em Serviço de Acolhimento […]

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você