24.1 C
Piçarras
terça-feira 16 de abril de 2024


Tainha confirma desistência de sua pré-candidatura a prefeito de Barra Velha

Ouça a Matéria

Após renunciar oficialmente ao cargo eletivo de vice-prefeito de Barra Velha, Eduardo Peres (Republicamos) confirmou sua desistência da vida pública. “Me despeço da vida pública com um sentimento de gratidão”, disse Tainha, como é conhecido, em um grupo de mensagens instantâneas.

A mensagem foi publicada dias após intenso desgaste de seu nome diante da decisão de ter assumido a Prefeitura – assim que o titular, Douglas Elias da Costa (PL), foi afastado do cargo por 180 dias em decorrência da Operação Travessia, em que figura como denunciado em um suposto escândalo de corrupção na obra da ponte do Rio Itajuba.

“Peço desculpas àquelas pessoas que, pelo um motivo ou outro, eu não consegui atender”, complementou, pontuando ainda duas décadas de participação na sociedade. Ela categorizou que sua decisão foi tomada por base para cuidar da própria saúde e da sua família: “ambos hoje se encontram muito fragilizadas”.     

“Peço desculpas àquelas pessoas que, pelo um motivo ou outro, eu não consegui atender”

EDUARDO PERES

Semanas atrás, quando comunicou sua decisão de não assumir a Prefeitura, Tainha chegou a dizer que seguiria na política e que seu nome se mantinha como um pré-candidato a prefeito para as eleições de outubro. Contudo, afirmou que repensou a questão, em família.

“Na vida temos que saber o momento certo de parar ou continuar e eu e minha família escolhemos a horar de parar”, categorizou. A renúncia ao cargo de vice-prefeito foi oficializada em 26 de dezembro, horas depois do desembargador do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), José Everaldo Silva, afastar Douglas.

Comentário do ex-vice-prefeito ganhou as redes sociais

Nas eleições de 2020, Douglas e Tainha somaram 36,09% dos votos, vencendo diretamente o candidato Valter Zimmermann (União Brasil), que buscava a reeleição. Em 2016, venceu como vereador, sendo o candidato mais bem votado da cidade com 953 votos. Em 2019, esteve como presidente da Câmara de Vereadores. Na atual gestão, divergências na forma de trabalho afastaram Douglas e Tainha.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você