26.1 C
Piçarras
terça-feira 16 de abril de 2024


Associaçaõ faz audiência com prefeito em Itajuba

Ouça a Matéria

A primeira reunião do ano da Associação Comunitária de Desenvolvimento de Itajuba (ACDI) teve como convidado especial o prefeito municipal Samir Mattar, junto dos principais secretários da administração. No salão da entidade foram abordados temas de importância para os moradores sobre trânsito, segurança, projetos de melhorias para o bairro e turismo.
A audiência foi coordenada pelo presidente da entidade, o empresário Norbert Dohnau. O prefeito veio acompanhado do Secretário de Negócios Jurídicos e de Planejamento, Eurides dos Santos, além do Secretário da Fazenda, Francisco Rodrigues, o arquiteto Allan Sievert e o engenheiro Marcelo Metelski, além do presidente da Fundação Hospitalar, Alzerino de Souza.
O principal pedido da ACDI foi a implantação da mão única na Avenida Itajuba, a principal via que atravessa o bairro em paralelo ao mar. A pretensão dos moradores é aumentar a rotatividade do trânsito nas ruas próximas para incentivar o desenvolvimento comercial na localidade além da beira-mar. A Associação apresentou um questionário feito aos vizinhos que teve 75% de aprovação sobre a proposta. Já o prefeito Samir destacou que nada impede a implantação da mão única num breve período. “Itajuba está bem organizada para que isso aconteça. A rotatividade do trânsito permite que a cidade aumente. Fizemos essa alteração transitória no Centro e ficou como definitiva. Não dependemos do financeiro”, assegurou Samir.
A ACDI também questionou a possibilidade de construir uma praça no bairro, já que Itajuba é a localidade com maior densidade demográfica, mas não possui um espaço de lazer além da praia. Nesse sentido, a prefeitura destacou que as verbas públicas ainda não permitem implantar um projeto de grande porte, com quadras de esportes, mas que será analisada a construção de um espaço de lazer para a comunidade. “O problema é comprar o terreno. Nós podemos fazer a praça desde que o terreno seja doado”, explicou o prefeito.
Em relação à segurança, foi solicitada maior iluminação e o pedido de reforço policial para o batalhão de Barra Velha. Já na área de turismo foi apresentado o projeto de passarela ecologicamente correta pensado pelo corretor de imóveis, recentemente falecido, Evandro Soares Pereira. O projeto que traça uma passarela entre a Praia do Grant e a Praia do Cerro foi criado por Allan Sievert e será reforçado pela prefeitura para ser apresentado na Secretaria de Turismo do Governo Federal. “Temos a intenção de criar uma passarela que unifique Barra Velha e Balneário Piçarras pela beira-mar e criar uma mini-Balneário Camboriú”, finalizou Samir.
A associação solicitou também à prefeitura um apoio financeiro para o pagamento do aluguel da sala onde são oferecidos cursos de informática e violão gratuitos.
Samir destacou que ainda está valendo a promessa do secretário de Educação do Estado, Paulo Bauer, que garantiu uma escola com 15 salas para o Ensino Médio n bairro, além da construção de um Ginásio de Esportes, cujo investimento será arcado pela prefeitura municipal.
 

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você