20.3 C
Piçarras
segunda-feira 20 de maio de 2024


Grupo mexicano e Afab fazem festa de despedida

Ouça a Matéria

A última noite do grupo ‘Alegria Mexicana’ em Balneário Piçarras não poderia ser diferente: com miscigenação musical, dança, trocas de agradecimentos e sorrisos para todos os lados. Essa foi a tônica da confraternização entre os mexicanos e a Associação Parafolclórica Angelina Blahobrazoff (Afab), realizada na noite de segunda-feira, 5, com baixa temperatura e chuva, no Capitão Iate Clube Restaurante.
O grupo embarcou rumo ao México às 14h de terça-feira, 6, no Aeroporto Internacional de Navegantes Ministro Victor Konder, partindo para uma escala no Rio de Janeiro. Elas chegaram ao Brasil no dia 30 e, desde então, passaram por Araucária/PR, Curitiba/PR, Ascurra, Blumenau, Pomerode, Balneário Camboriú, Itajaí, Penha realizando o espetáculo de danças ‘União de Etnias’ – apresentações mexicanas com intercalações do russo da Afab.
Na confraternização de segunda-feira, o clima estava longe de ser o da despedida. Com uma animação de quem recém chegou, o ‘Alegria Mexicana’ manteve a essência do nome e não deixou o frenesi baixar de nível. “Eles parecem que tem uma pilha especial. Ela nunca acaba”, disse em tom de descontração a presidenta da Afab, Neida Sueli Andrade. Em seguida teceu elogios ao grupo e à uma semana da apresentação.
“Momentos para serem guardados na alma e no coração”, definiu a presidenta ao ser questiona sobre os sete dias da turnê ‘União das Etnias’. Foram mais de 26 apresentações nas cidades visitadas, totalizando quase cem subidas ao palco. Neida destaca a emoção no show realizado no Centro de Convivência do Idoso, em Itajaí, onde todos os ‘jovens’ da terceira idade dançaram com os grupos. “No momento da integração não houve quem não chorou. Foi difícil conter as lágrimas”, descreveu.
Para a representante do grupo mexicano, Gabriela Escalante, a troca de culturas e a recepção do povo piçarrense foram essenciais para o sucesso da visita. “Foi simplesmente maravilhoso pela relação e troca de cultura. Fomos muito bem recebidos pelos brasileiros e pudemos conhecer muito de sua cultura”, frisou Gabriela, com a ajuda da integrante da Afab, Mila Schereiber, traduzindo à entrevista da reportagem do Jornal do Comércio.
Gabriela foi questionada sobre o pensamento que levam sobre os brasileiros para México, revelou: “São pessoas de qualidade extraordinária. Se recebermos mais um convite, aceitaremos sem pensar”. Já sobre Balneário Piçarras, a beleza do litoral e a hospitalidade ganharam destaque. “O marco da viagem e de Balneário Piçarras foi a beleza do mar, já que nossa cidade não é banhada por oceanos”
Fundadora do grupo, Angelina Blahobrazoff, não escondia a felicidade de receber o grupo internacional em sua cidade. “Maravilhoso. Deu muito trabalho, mas estou extremamente feliz com o resultado”, disse, comemorando o saldo da viagem. A visita do grupo mexicano foi em retribuição à visita feita pela Afab ao México, no ano passado.
 

Foto por: Felipe Bieging | JC

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você