17.1 C
Piçarras
quarta-feira 17 de julho de 2024


Movimento Surf Verde garante apoio em projetos ambientais

Ouça a Matéria

Com o objetivo de integrar atletas, simpatizantes e pessoas preocupadas com as questões ambientais, o Movimento Surf Verde (MSV) de Barra Velha fechou no dia 21 de novembro novas parcerias com entidades relacionadas ao esporte no Centro do Estado. O grupo vai fornecer apoio para a Associação de Surf Amador de Itapema para a implantação de projetos ambientais.
O presidente do MSV, Ezekiel Gringo, junto com o professor Guilherme Stoeberl, se reuniram com o presidente da ASAI, Marcelo dos Santos, e sua equipe para definir alguns dos projetos ambientais que poderão iniciar em 2011 na praia.
Entre as propostas que se ajustam à realidade do município está o programa de monitoramento de praias, que registra o número de animais que aparecem mortos na faixa de areia, além de campanhas de limpeza da praia. “Queremos montar atividades que possam ser feitas de forma conjunta e assim também criar um relatório que sirva como comparativo das situações ambientais em ambos municípios”, explicou Ezekiel Gringo.
De acordo com o presidente da ASAI, existe uma grande população de tartarugas marinhas que se alimentam nas formações rochosas do município e é cada vez mais frequente a colocação de redes de pesca em locais não apropriados. “Estão começando a aparecer animais mortos na praia por causa de redes que ficam e não são recolhidas”, comentou Marcelo.
O diretor financeiro da ASAI, Fabio dos Santos, também concordou com as propostas do Movimento, que irá a trazer ideias para que a entidade possa agilizar tempo na organização dos programas.
O MSV realiza um programa de monitoramento de praias diário em Barra Velha, onde há um registro do número de tartarugas marinhas achadas mortas na praia. Os animais mortos, mas em bom estado são congelados e procurados pelos responsáveis do Projeto Tamar para analisar as causas de morte. A meta do projeto é conhecer se as redes de pesca podem oferecer risco para esta espécie ou se existe alguma doença ou poluição que possa provocar a mortes das tartarugas.
Para a temporada de verão está previsto em Barra Velha mais um mutirão ecológico de conscientização de moradores e veranistas.
 

REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você