18.1 C
Piçarras
segunda-feira 27 de maio de 2024


Encenação da Paixão de Cristo emociona fiéis

Ouça a Matéria

Mais de duas mil pessoas acompanharam o espetáculo teatral ‘Paixão de Cristo’, que encantou a Páscoa do bairro Santo Antônio, em Balneário Piçarras. Realizada nas noites de sexta e sábado 22 e 23, a peça comoveu os fiéis pela realidade nas cenas e interpretações, que aconteceram nos arredores da Paróquia Santo Antônio de Pádua.
A adaptação livre do texto do dramaturgo Flávio Cavalcanti, foi encenada por 45 atores da própria comunidade, que se envolveram em todas as etapas de montagem do espetáculo. No papel principal, Karlos Duarte, emocionou a plateia com uma interpretação contundente dos últimos anos de vida de Jesus Cristo.
“Tivemos apenas oito ensaios. Fora Jesus Cristo e Pilatos, todos os outros personagens foram interpretados por membros da comunidade, amadores. Foi uma mobilização muito grande de todos para que em pouco tempo tudo desse certo” explica um dos diretores da peça, Roberto Duarte, que, juntamente com, Iria Quintino, fizeram do evento uma retomada do movimento cultural surgido nos anos 80 e adormecido por treze anos.
O sucesso de público e a repercussão do espetáculo motivam os diretores, que já planejam reorganizar um novo grupo teatral em Balneário Piçarras. Além de Íria Quintino e Roberto Duarte, atuaram no projeto outros nomes da primeira geração do teatro local: Watson Matias Watzko, o Limão, assumiu o papel de Pilatos e Adalmira Duarte, desenvolveu o figurino. A realização do espetáculo é uma iniciativa do pároco Fabian Capistrano e de Cecília de Borba.
“Já vínhamos conversando há um tempo sobre a retomada do teatro. Essa peça foi um começo, tivemos pouco tempo. Já estamos percebendo que muitos dos que participaram podem integrar um novo projeto” revela Íria Quintino. A atuação do grupo junto a Paróquia Santo Antônio de Pádua deve ganhar mais força e o próximo espetáculo já está agendado. Em junho, o grupo se reúne mais uma vez para representar a vida do santo padroeiro da comunidade.
Além da parceria com a igreja, os diretores já articulam a montagem de uma nova peça: “A mansão da madame Consuelo”, de Roberto Duarte, que ainda não tem data para estrear, mas já lança boas perspectivas para o renascimento do teatro em Balneário Piçarras.
 

REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você