23.1 C
Piçarras
terça-feira 18 de junho de 2024


Jovem escritora de Piçarras tem sonho de publicar romance

Ouça a Matéria

Ela tinha o sonho de ser escritora desde menina, mas a timidez nunca a deixou revelar esse sonho para os amigos e professores. Natural de São Paulo, com 12 anos veio morar em Piçarras e sua paixão pela poesia e por contar histórias se fortaleceu. Os pais foram os únicos guardiões de seu segredo até seus 17 anos, quando a jovem (já com uma boa soma de textos e poesias na gaveta) decidiu correr atrás da realização de seu sonho de menina. As dificuldades de uma doença repentina a afastaram momentaneamente da faculdade, mas nunca das leituras e da paixão por escrever.
Foi com a ajuda da internet e por sua grande persistência que, em 2009, Jamila Mafra finalmente consegui concretizar a participação em concursos literários e finalmente o lançamento, pela Editora Lítteris (RJ), da edição simbólica de 50 exemplares do livro “Viagem no Espaço e a Máquina do Tempo”. Vendeu todos os exemplares para os amigos. De lá pra cá, seus contatos com editoras de todo o país e do exterior deram-lhe experiência e motivação para participar de novos concursos e buscar a publicação de seu livro. Em 2010, a jovem consegue a publicação de uma poesia sua na “Coletânea Brasil Poeta – Antologia Literária”, que contém mais de 50 jovens talentos do país e está à venda no site da Editora Litteris.
Como o sonho ainda não estava completo, Jamila Mafra, hoje com 24 anos e estudante de Direito na Univali, não se deu por satisfeita e buscou a publicação de um livro próprio de poesia. “Tentei várias editoras no Brasil, mas pouco se dá valor à poesia aqui. Então, entrei em contato com a editora Word Art Friends, da cidade do Porto, em Portugal, que acolheu meu projeto e lançou meu primeiro livro em 2010”, comenta a jovem escritora. “As Lágrimas dos Anjos e os Versos de Amor” tem 300 exemplares publicados e está à venda pela internet por 15 euros, no site da promissora editora portuguesa, ou pode ser encomendado com a própria autora.
Segundo Jamila, o livro foi todo produzido pela editora e contém cerca de 50 poesias suas, que falam de temas sociais, amor, respeito ao meio ambiente. “Sempre escrevi muito e estas minhas primeiras poesias editadas falam muito do que vejo e sinto sobre o mundo”, destaca. Jamila diz que muitos autores a influenciaram, mas alguns especiais são Carlos Drummond de Andrade, Machado de Assis e Eleanor Porter.
Como os sonhos de uma escritora nunca terminam em um livro, Jamila sonha em publicar um romance, além de, quem sabe, outras publicações de poesias e contos. A jovem diz não conhecer os escritores regionais, mas se empolgou ao saber do grupo de literatura da Amark e de alguns escritores que já tiveram sucesso em publicar livros por grandes editoras. “Me interesso em conhecer esses escritores. Vou mandar textos para O Carijó (jornal literário da Amark), assim como também dos meus irmãos”, revela Jamila, que tem mais uma irmã e um irmão que se aventuram nos contos e poesias. Talento a família parece ter de sobra. O que a jovem quer agora é sair do anonimato regional e ser reconhecida como escritora. Um sonho não tão distante.
 

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você