29.3 C
Piçarras
sexta-feira 1 de março de 2024


Larissa e Ray conquistam o título do Festival da Canção Voz Estudantil

Ouça a Matéria

Larissa de Liz Cardoso (12 anos) e Ray Matheus Serafim (17 anos) cravaram seus nomes na história do Festival da Canção Voz Estudantil de Balneário Piçarras. No último sábado, 27, eles conquistaram o título em suas categorias – de 06 a 12 e de 13 a 18 anos.

Aluna Centro Integrado de Ensino Fundamental Professora Mirian Geny Friedrichsen (CIEF), Larissa encantou os jurados ao interpretar “O Bêbado e o equilibrista”, de João Bosco e Aldri Blanc.  “Fiquei muito surpresa com a vitória. Não esperava ganhar, ainda mais disputando com tantos outros talentos e com uma canção da MPB, de raiz. Mas, foi uma felicidade imensa”, lembrou a jovem, que tem na música apenas um hobby. Ela também toca saxofone. “No futuro quero ter um saxofone profissional, mas como hobby”, acrescentou.

Ray Matheus, aluno da Escola de Educação Básica Alexandre Guilherme Figueiredo, conquistou seu quinto título consecutivo. “Foi um pouco difícil, tinha muitos candidatos bons, mais eu estava preparado. Foi mágico desde que pisei no palco”, disse ao Jornal do Comércio. “Hoje tenho 17 anos, mas desde muito pequeno venho levando isso como minha forma de vida, dependo muito da música, afinal está no sangue”, completou.

Na categoria 06 a 12 anos, Ana Luisa Pereira da Silva (11 ano) – da Escola de Educação Básica Adolfo Antônio Cabral – ficou em segundo lugar ao interpretar a música “Erva venenosa”, de Jerry Leiber e Mike Stoller. A terceira colocação ficou com Pietra Nardino Wierzbicki (10 anos) – da Escola Municipal Monteiro Lobato – com a canção “Brasil”, de Cazuza.

Já entre os cantores de 13 a 18 anos, Charles Eduardo Silva Carlos (14 anos) – da escola Monteiro Lobato – ficou na segunda colocação com a música “Trem das onze”, de Adoniram Barbosa. Já na terceira posição terminou a jovem Vitória Pereira Martins (13 anos) – do Centro Educacional Prisma. Ela encantou a todos com a canção “Porto Solidão”, de Zeca Bahia Gincko.

A quarta edição do Festival reuniu aproximadamente 40 estudantes, que participaram de duas fases classificatórias. Destes, oito em cada categoria conquistaram lugar na decisão.

PREMIAÇÃO
Além do troféu, os campeões de cada categoria levaram para casa R$ 1.500. Já os vice-campeões receberam R$ 750, e os terceiros lugares, R$ 500. A escola Cief recebeu o prêmio de melhor torcida. A avaliação ocorreu nos dias 25 e 26, durante as etapas classificatórias, e o troféu foi entregue no dia da final.

 

Foto por: Giro Urbano

REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você