28.4 C
Piçarras
sexta-feira 23 de fevereiro de 2024


Academia de Letras de Balneário Piçarras prepara evento para celebrar seus quatro anos

Ouça a Matéria

A Academia de letras do Brasil Seccional Balneário Piçarras “Luiz Ferreira da Silva”, realiza no próximo dia 14, às 19h, no Centro Cultural, a celebração de seu quarto ano de fundação. A data será enaltecida com a posse de novos imortais, lançamento de livro e também uma homenagem à historiadora Rosa Maria Tesser.

De acordo com a presidente local da entidade, Susan Corrêa, a escritora Cláudia Santos Riberio Corrêa, e o especialista em gestão cultural e artista plástico, Vanderlei Lazzarotti, tomarão acento entre os imortais. Eles ocuparão vagas remanescentes entre à classe literária piçarrense. Somados a eles, a Academia de Letras de Balneário Piçarras passa a ter 26 imortais.

Na ocasião também ocorrerá o lançamento da antologia “ELAS – uma antologia sobre a mulher do século 21”. “É o quarto livro da Academia. Neste, abordamos um tema atual e de muita relevância na sociedade, que trata da luta da mulher pela igualdade de direitos”, revela.

Ao todo, 16 imortais assinam textos na antologia, que tem ainda quatro textos premiados durante o 3º Concurso Literário produzido pela Academia. “Homens e mulheres produziram os textos, mas todos com a temática da mulher como eixo principal”, acrescenta Susan. Com 76 páginas, o livro será distribuído gratuitamente durante seu lançamento e, posteriormente, passível de leitura na Biblioteca Municipal.

“Os autores também ficarão com uma cota para fazerem doações”, completou Susan. O livro leva a assinatura da editora Oficina Birô, do jornalista Luiz Garcia. Ele assina também uma forte mensagem na contracapa. “O século 21 será o século da mulher. Na embocadura de um momento chave da humanidade, quando o futuro reclama uma nova ética nas relações e no sentido que deve tomar o destino da humanidade, as mulheres se revelam hospedeiras da mudança necessária”, pontua.

Uma homenagem a historiadora e escritora Rosa Maria Tesser sela o fim das celebrações dos quatro anos da Academia – ela que também forma a relação de imortais. A historiadora leva para diversas cidades catarinenses uma rica exposição fotográfica sobre a Guerra do Contestado, “sempre carregando o nome da Academia de Letras e de Balneário Piçarras. É uma grande historiadora, respeitada por todo o Estado, e que faz um serviço à memória cultural catarinense”, define Susan.

No ato, os imortais receberão a Medalha Rosa Maria Tesser, alusivo à homenagem em vida. Cerca de 150 fotografias formam a exposição. As imagens foram captadas pelo sueco radicado no Brasil, Claro Gustavo Jansson. O fotógrafo trabalhou para Companhia Lumber, empresa sediada em Três Barras, no Planalto Norte, que cortou, beneficiou e transportou para a Europa e EUA boa parte da floresta de araucárias e imbuias que os Carijós denominavam Bituruna.

 

Foto por: Eduardo Guedes

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você