24.3 C
Piçarras
domingo 25 de fevereiro de 2024


Barra do Sul está em seleto grupo de cidades balneárias com obras de saneamento

Ouça a Matéria

Balneário Barra do Sul compõe um seleto grupo de municípios balneários preocupados com o tratamento adequado do esgoto doméstico. Por meio das obras de implantação do Sistema de Esgotamento Sanitário em Balneário Barra do Sul, promovidas pela CASAN, o município se evidência no cenário estadual potencializando o crescimento econômico e elevando a qualidade de vida de toda a comunidade.

Atualmente, 18 dos 30 municípios catarinenses que costeiam o atlântico já possuem ou trabalham na implantação de sistemas de tratamento de efluentes: Balneário Barra do Sul está entre eles.  As obras estão seguem em desenvolvimento e irão contemplar um total de 52% da população – incluindo os moradores da alta temporada de verão – após a concretização da primeira etapa do projeto.

“Há uma valorização imobiliária natural e uma procura maior pela cidade, é claro. Mas, eu vejo os ganhos da saúde pública como sendo o mais importante. É preciso que todos observem dessa maneira”, analisou o morador, Marcos Coimbra (60 anos) – que reside na Rua João Mendes, que recentemente recebeu a rede coletora.

A Organização Mundial da Saúde (OMS), por exemplo, avalia que a cada R$ 1 investido em saneamento básico há uma economia média de R$ 9 em saúde pública. Na cidade, há um investimento total de R$ 46.798.047,00, provenientes de um financiamento junto à Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA).

Atualmente, a CASAN trabalha implantação da rede coletora de esgoto das ruas Noruega e Pedro de Souza – na região da Boca da Barra. Neste setor, conhecido tecnicamente como Bacia 1, os trabalhos devem se prolongar pelos próximos 40 dias. A região é envolta pelo rio Perequê e a Praia da Picama, e por isso há alto volume de água que precisa ser drenado das valas para perfeita implantação da rede.

Justamente por conta disso a CASAN pede que os pedestres e motoristas estejam atentos à sinalização de segurança, utilizando as calçadas. O objetivo é zelar pela segurança da comunidade e dos trabalhadores envolvidos na implantação da rede. É importante que as pessoas respeitem as delimitações de segurança demarcadas.

REPAVIMENTAÇÃO

Com o término da implantação da rede de emissário na Rua João Mendes, a CASAN volta suas atenções à repavimentação da via – e de um trecho da Avenida São Francisco do Sul.

LIGAÇÕES DOMICILIARES SÓ COM AUTORIZAÇÃO

A CASAN reitera que os moradores não devem conectar o esgoto doméstico à rede coletora sem autorização prévia da concessionária. Para que o esgoto seja devidamente coletado e tratado, todo o Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) deverá estar concluído e em operação. A interligação neste momento trará prejuízos ao ambiente da região, prejudicando inclusive a balneabilidade das praias.

 

REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você