27 C
Piçarras
segunda-feira 26 de fevereiro de 2024


Governo de Balneário Piçarras terá reunião emergencial após ressaca destruir parte da orla

Ouça a Matéria

Após duas ressacas, o trecho inicial do setor norte da praia de Balneário Piçarras não resistiu. Cerca de cem metros do calçadão em deck foram destruídos e árvores foram arrancadas pela ressaca deste final de semana (20 e 21) – mas que ganhou maiores proporções neste domingo. Em nota oficial, o Governo anunciou que terá uma reunião emergencial sobre a questão.

“Amanhã (22), pela manhã, ocorrerá uma reunião de avaliação dos danos causados e medidas preventivas a próximas ressacas. O município já avalia a decretação de emergência pontual, nas coordenadas geográficas do ponto mais atingido pela ressaca, objetivando a reconstrução emergencial do trecho”, afirmou a Prefeitura.

A situação pode se agravar no decorrer da noite de hoje e madrugada de segunda-feira (22). Por conta disso, a Defesa Civil Municipal isolou a área e também bloqueou o trânsito entre a Rua 1.900 e Avenida Getúlio Vargas. Também solicita que a “população não transite, mesmo que a pé, no ponto mais atingido”.

Como medida de segurança, o sistema de iluminação pública do trecho foi desligado por risco de curto circuito. A Prefeitura informou ainda que seguirá atenta à situação no decorrer das próximas horas.

Em maio deste ano, o mesmo trecho havia sido atingido pela ressaca. “Na última grande ressaca, em setembro/outubro do ano passado, se percebeu uma movimentação diferente do mar, com maiores estragos pontuais no lado esquerdo do molhe norte, o que chamou a atenção do poder público. Nesta nova ressaca, observamos o mesmo ponto atingido, sendo já iniciado pela Fundação do Meio Ambiente um estudo sobre os impactos e as possíveis causas da ressaca atingir esse novo ponto em específico”, afirmou a Prefeitura em nota enviada à reportagem – na época.

 

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você