29.3 C
Piçarras
sexta-feira 1 de março de 2024


Penha confirma eleitos para formarem o novo Conselho Tutelar

Ouça a Matéria

Marlene Pereira Siqueira (156 votos), Marcolina Irene dos Santos (110 votos), Marcia Cristina da Silva Lukenchuke (99 votos), Luciana Maria da Silva (83 votos) e Marta Nascimento Romão, (53 votos) foram eleitos os conselheiros tutelares para os anos de 2020 a 2023, em Penha. O resultado foi homologado nesta segunda-feira, 7.

Amarildo Garcia Nantes (64 votos) e Dulcilene Nascimento (55 votos), que haviam ficado na quinta e sexta posições, sofreram processo de impugnação. Na suplência ficaram, por ordem de votação: Larissa Corrêa Costa, Wilson Mistura, Rita Antônio de Cássia Laudaro, Marilúcia Bazotti e Sharlene Maria Krueger. A candidata Simoni Valeria Romão Markoski, com 36 votos, também foi impugnada.

Menos de 5% dos eleitores registrados em Penha participaram da eleição do novo Conselho Tutelar, que aconteceu no último domingo, dia 06. O pleito foi realizado na Escola Estadual Manoel Henrique de Assis, com a participação de 829 votantes, aproximadamente 4,4% dos 18.661 eleitores registrados no município.

A posse dos novos conselheiros tutelares será em 10 de janeiro de 2020, com mandato previsto até 2023. O salário previsto para cada conselheiro é de R$ 1.800,22 com carga horária de 40 horas semanais.

O Conselho Tutelar é o órgão responsável por garantir o cumprimento do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), além de receber denúncias sobre maus tratos contra menores, e tomar providências para garantir a segurança e qualidade de vida desses jovens, acionando outras autoridades nesse sentido.

REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você