29.3 C
Piçarras
sexta-feira 1 de março de 2024


Unidade Judiciária de Penha ainda se organiza após um mês

Ouça a Matéria

O juiz Rodrigo Dadalt, titular da Unidade Judiciária de Penha, destacou as principais realizações da estrutura ao completar seu primeiro mês de implantação. “Estamos focando na triagem, na organização de fluxos, na conferência de audiências dos processos recebidos e demais atividades necessárias para o bom funcionamento da unidade. Até o final de outubro, finalizaremos este trabalho inicial, tendo em vista que são aproximadamente 3 mil processos”.

O juiz ressalta que, por se tratar de uma unidade nova, a unidade recebeu processos provenientes da comarca de Balneário Piçarras. Desde a instalação do Juizado Especial Civil e Criminal e de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, o fluxo de pessoas em busca de informações cresce gradativamente, na medida em que tomam conhecimento deste ambiente na cidade de Penha – que atender moradores das duas cidades.

Dadalt acredita que esse fluxo deve aumentar exponencialmente a partir de novembro, quando terá início a realização das audiências junto ao novo local.  A estrutura de trabalho da Unidade Judiciária de Penha é formada por um juiz, dois assessores jurídicos, seis servidores e três estagiários.

Em sua avaliação, o juiz comenta que a sociedade de Penha está muito satisfeita com a instalação da nova unidade, por permitir maior aproximação do Judiciário com a comunidade local. Frisa ainda que percebe a confiança da comunidade nas ações realizadas pelo TJSC e pelo serviço prestado. Como o local ainda é novo na cidade, muitas pessoas têm ido até o local para conhecer a estrutura, tomar conhecimento de como funciona e quais os serviços são oferecidos. A unidade está localizada na Avenida Nereu Ramos, nº 315 (em frente ao Parque Municipal de Eventos), no centro da cidade. O atendimento à população acontece de segunda à sexta, das 12 às 19 horas.

Efetivação da unidade

A instalação da Unidade Judiciária de Penha aconteceu no dia 20 de setembro e contou com a presença do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Edson Fachin, e do presidente do Tribunal de Justiça de SC, desembargador Rodrigo Collaço, do prefeito de Penha, Aquiles da Costa; da desembargadora do TJ do Paraná, Rosana Fachin.

REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você