25.4 C
Piçarras
domingo 25 de fevereiro de 2024


Licitação para obra da ponte sobre o Rio Piçarras acontece nesta terça-feira, 14

Ouça a Matéria

A Prefeitura de Balneário Piçarras realiza nesta terça-feira, 14, a licitação para contratação de empresa para execução das obras de construção da nova ponte sobre o Rio Piçarras, na divisa com o município de Penha. Na modalidade concorrência, pelo tipo de licitação menor preço, o certame se inicia ao valor de R$ 4.244.406,67 – que deverão vir, em grande parte, de um empréstimo de R$ 30 milhões solicitado pelo Governo Municipal junto ao Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).

A licitação será transmitida ao vivo pelo Youtube (/balnpicarras). “A obra da ponte é um compromisso do nosso governo com a sociedade. A ponte hoje é um impeditivo para o desenvolvimento do turismo náutico, que é essencial para o crescimento da nossa economia. Estamos perdendo turistas de grande poder aquisitivo”, analisa o prefeito, Leonel José Martins (PSDB).

O projeto da nova estrutura – custeada pelo empresariado local, através de uma parceria com as Câmaras de Dirigentes Lojistas de Balneário Piçarras e Penha – contará com 58,8 metros de comprimentos, 5,48 metros de altura e um vão livre de 28 metros, que permitirá a navegação de barcos com até 60 pés.  A nova ponte possui um viés turístico e traz uma estrutura mais larga, contemplando áreas protegidas para pedestres, ciclofaixa e espaço para contemplação. 

A obra já possui licenciamento ambiental, que prevê medidas durante sua execução, como a separação e destinação de resíduos sólidos, controle de poluição atmosférica e ruídos, garantir a navegação de embarcações com sinalização e segurança, aplicar mecanismo para evitar a queda de fragmentos no curso hídrico e a realização de um plano de comunicação social para orientação da população.

“Todas as medidas adotadas durante a execução da obra são importantes para mitigar qualquer tipo de dano ambiental. Durante todo o processo de reconstrução da ponte, a Fundema fará a fiscalização, garantindo que todas as medidas adotadas pela empresa licitada para a execução estejam de acordo com as declaradas no licenciamento ambiental”, afirma o Presidente da Fundação do Meio Ambiente, Marcos Zaleski.

Foto por: Felipe Bieging

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você