24.9 C
Piçarras
sábado 13 de abril de 2024


Barra Velha suspende edital de licitação da ponte sobre o Rio Itajuba

Ouça a Matéria

A Prefeitura de Barra Velha publicou nesta quarta-feira, 18, o aviso de suspenção do edital para contratação de empresa para construção da nova ponte sobre o Rio Itajuba, que liga o bairro de Itajuba ao Centro da cidade. O certame teria as propostas abertas na próxima segunda-feira, 23, mas foi suspenso para revisão de planilhas orçamentárias.

“Está suspensa (concorrência pública 3/2021) para alteração de planilha orçamentária, assim que as adequações forem realizadas uma nova data para o certame será divulgada via Diário Oficial”, cita o aviso publicado no Portal da Transparência da Prefeitura, assinado pelo secretário de Administração, Mauro da Silva.

Desde que o edital foi publicado, dia 5 de julho, duas empresas ingressaram com impugnações sobre o documento. Ambos alegaram falta de clareza em determinadas questões da planilha, pontuando que, da forma original, poderiam gerar restrições “caráter competitivo, viola o princípio da isonomia e compromete a obtenção de proposta mais vantajosa”, cita a impugnação apresentada por uma das empresas interessadas no certame.

Originalmente, o edital previa a abertura das propostas para o dia 2 de agosto. No dia 21 de julho, a Prefeitura publicou uma errata, alterando a data para 21 de julho. O valor anunciado no primeiro edital – R$ 3.510.300,96 – também sofreu alteração. Foi elevado para R$ 3.515.262,01.

A nova ponte terá 30,80 metros de comprimento, 18 metros de largura, com ciclovia, duas vias de passeio de 3 metros, duas pistas para veículo uma faixa adicional, mirante para pesca e iluminação em led.

O projeto foi desenvolvido pela Secretaria de Planejamento da Prefeitura – que em março promoveu a demolição da ponte, interditada judicialmente desde novembro passado. Esse foi o primeiro passo para execução da futura estrutura. Pelo memorial do edital, a nova ponte tem prazo de quatro meses para ficar pronta.

Para manter a mobilidade dos moradores, uma estrutura de madeira foi feita sobre o Rio Itajuba, pela Rua Eurides Francisco Tomazoni e Rua João Fernandes da Costa.  Ao lado da ponte provisória, já existe uma passarela em aço para pedestres e ciclistas. O custo total da obra foi de R$ 32 mil. O projeto visa somente veículos leves como carros e motocicletas, passando apenas um veículo por vez.

Foto por: FELIPE FRANCO

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você