24 C
Piçarras
quinta-feira 18 de abril de 2024


CDL de Balneário Piçarras emite ‘Nota de Descontentamento’ por falta de decoração natalina

Ouça a Matéria

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Balneário Piçarras (CDL) emitiu nesta segunda-feira, 13, ‘Nota de Descontentamento’ quando à ausência de decoração natalina na cidade. No documento, assinado pela presidente, Letícia Fleith, a entidade afirmou que o descumprimento do contrato para execução da decoração, por parte da empresa vencedora da licitação, vai gerar prejuízos econômicos “incalculáveis”.

LEIA TAMBÉM: Empresa não cumpre contrato e Balneário Piçarras não terá decoração natalina

“Apesar do esforço do poder público em realizar tal decoração, a empresa ganhadora do edital de licitação, Adalberto Ramos da Rosa Neto Eireli, com sede em São José dos Pinhais (PR), não conseguiu manter o compromisso firmado nesse processo. Mesmo que haja todas as punições cabíveis para a situação, o prejuízo para ‘o espírito natalino coletivo’ que envolve essa época, e que é simbolizado pela decoração de rua, é incalculável”, define a presidente da CDL.

A entidade reforça o pensamento com base nas cidades vizinhas, onde há intensa decoração natalina, especialmente em Barra Velha, Itajaí e Balneário Camboriú. “Além disso, cidades próximas estão decoradas e atraindo potenciais clientes em massa para seus comércios, deixando nossos comerciantes desanimados e apreensivos, na tentativa de manter seus negócios funcionando num período tão desafiador como o que estamos vivendo por conta do Covid”, acrescentou Letícia, na ‘Nota de Descontentamento”.

Com viés em futuras parcerias, a entidade comercial se colocou a disposição da municipalidade. “Da mesma maneira que em 2021, a CDL de Balneário Piçarras se coloca à disposição para participar junto com a prefeitura do planejamento antecipado para o Natal de 2022, bem como outras datas e eventos”, encerrou a presidente.

No último dia 8, a Prefeitura de Balneário Piçarras confirmou que a cidade não teria a tradicional decoração natalina. A empresa que venceu a licitação promovida pela Prefeitura não cumpriu com os prazos de entrega e “nunca mais atendeu às ligações telefônicas”, informou oficialmente o Governo Municipal. Uma decoração, emergencial, foi feita em frente ao Paço Municipal.

A reportagem, por e-mail, fez contato com a empresa. Mas, ainda não recebeu retorno. O espaço está aberto para manifestação.

 

 

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você