24.9 C
Piçarras
sábado 13 de abril de 2024


Luiz Alves tem o quinto maior crescimento demográfico do Vale Europeu

Ouça a Matéria

As novas estimativas populacionais publicadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgadas no último dia 27, apontou a cidade de Luiz Alves com a quinta maior Taxa Crescimento Geométrico (TCG) entre os dezenove municípios que formam o conglomerado do Vale Europeu.

De 2020 para 2021, o percentual de crescimento de Luiz Alves foi de 1,83%, acima de cidades como Pomerode, Timbó, Gaspar e Blumenau. A população luizalvense passou de 13.107 para 13.347, percentualmente atrás apenas de São João Batista (2,94%), Guabiruba (2,21%), Brusque (2,11%) e Indaial (2,04%).

“Estes são reflexos da saúde e educação de qualidade, acesso ao esporte e à cultura, políticas públicas e obras de infraestrutura para melhorar a qualidade de vida da população que escolheu nossa cidade como lar”, definiu o prefeito de Luiz Alves, Marcos Pedro Veber (PSDB). Em nível estadual, a cidade obteve o 30º maior crescimento demográfico.

De acordo com o IBGE, a população de cada município brasileiro foi estimada através de procedimento matemático. Tais estimativas são o resultado da distribuição das populações dos estados, projetadas por métodos demográficos, entre seus diversos munícipios. O método de cálculo baseia-se na projeção da população estadual e na tendência de crescimento dos municípios, delineada pelas populações municipais captadas nos dois últimos Censos Demográficos (2000 e 2010). As estimativas municipais também incorporam alterações de limites territoriais municipais ocorridas após 2010.

As estimativas populacionais municipais são um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União para o cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios e são referência para vários indicadores sociais, econômicos e demográficos. Essa é outra questão discutida pelos gestores do litoral catarinense, uma vez que números populacionais maiores credenciam as cidades a fatias maiores do Fundo.

REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você