25 C
Piçarras
terça-feira 23 de abril de 2024


Rôgga lança projeto de mobilidade urbana para interligar cidades

Ouça a Matéria

Balneário Piçarras, Barra Velha e Penha serão as primeiras cidades do litoral catarinense a contar com um sistema de mobilidade urbana compartilhada, sustentável e inteligente. A iniciativa, patrocinada pela Rôgga Empreendimentos, vai facilitar o deslocamento de curtas distâncias e complementar os modais de transporte nestes municípios. O projeto “Mobilidade Urbana para o Litoral Norte Catarinense” foi lançado nesta quinta-feira, 30.

O projeto está sendo realizado em parceria com a startup GoMoov, responsável pela operacionalização do sistema e disponibilização de veículos elétricos – bicicleta, patinete e scooter – para moradores e turistas. A implantação do projeto será gradativa, começando por Balneário Piçarras. Até o fim da temporada de verão serão 100 veículos elétricos em circulação nos três municípios do litoral norte.

Todo o serviço é autogerenciável, intuitivo e de fácil usabilidade. Por meio de um aplicativo – disponível para Android e iOS -, os usuários localizam o equipamento Rôgga/GoMoov no mapa, destravam o veículo e fazem o pagamento do aluguel via cartão de crédito. O valor é R$ 0,50 por minuto, com mínimo inicial de seis minutos (R$ 3,00).

Dentro da área de atuação definida pela startup, os usuários poderão encontrar os equipamentos visualizando o mapa no aplicativo. O Parking Zone – termo utilizado para os locais de “estacionamento virtual”, onde é possível pegar o veículo e encerrar a corrida após o uso – estará disponível na cidade. Um deles será na Central de Vendas da Rôgga, no centro de Balneário Piçarras.

O presidente da Rôgga Empreendimentos, Vilson Buss, lembra que a construtora investe há anos nestes municípios e sempre teve a inovação e a sustentabilidade como premissas em seus projetos residenciais. “Para nós, o conceito de morar bem envolve qualidade de vida, o que está diretamente ligado à preocupação com o meio ambiente, geração de emprego, renda e mobilidade urbana. É por isso que decidimos investir em um projeto com essa pegada ESG (environmental, social e governance)”, diz.

O projeto financiado pela Rôgga também está em perfeita consonância com a meta 11.2 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), na diretriz de Cidades e Comunidades, que prevê “segurança viária e acesso à cidade por meio de sistemas de mobilidade urbana mais sustentáveis, inclusivos, eficientes e justos, priorizando o transporte público de massa e o transporte ativo”.

“Nosso objetivo é tornar a vida das pessoas mais fácil e o caminho que escolhemos foi o de integrar e melhorar o ecossistema de transportes das cidades. Estamos revolucionando o modo de ir e vir”, diz o CEO da GoMoov, Jean Cardoso. A iniciativa da Rôgga está em sinergia com a Lei da Mobilidade Urbana (12.587/12), que determina aos municípios a tarefa de planejar e executar uma política de mobilidade urbana. 

Em parceria com a GoMoov, a Rôgga vai oferecer uma alternativa de locomoção sustentável para distâncias de até 10 quilômetros com baixo custo.  A ideia é que o serviço se consolide como uma solução para deslocamentos rápidos. “Estamos apostando na micromobilidade como uma ferramenta inovadora no litoral norte catarinense. A inovação faz parte do nosso DNA e vai além dos nossos empreendimentos imobiliários”, lembra o presidente da construtora, Vilson Buss.

TENDÊNCIA DE FUTURO
Entusiasta da ideia, o diretor comercial da Rôgga, Thales Silva, acredita que o projeto fará a diferença na vida dos moradores e turistas de Balneário Piçarras, Barra Velha e Penha. “O transporte compartilhado é uma forte tendência para o futuro, assim como moradias mais inteligentes e seguras. As pessoas não querem gastar muito tempo da sua vida no trânsito. Elas querem tempo de qualidade com suas famílias, com comodidade e conforto para morar bem e viver bem em cidades mais inteligentes. Isso está diretamente ligado à mobilidade urbana e também a nossa missão, que é melhorar o habitat humano”, comenta.

 

REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você