28.4 C
Piçarras
sexta-feira 1 de março de 2024


Em surto psicótico, homem é detido por falsa ameaça de arma dentro de avião no aeroporto de Navegantes

Ouça a Matéria

Uma popular figura de Balneário Piçarras, conhecido Bahiano (38 anos), causou um grande tumulto no Aeroporto Internacional de Navegantes nesta sexta-feira, 15. Com passagem aérea comprada para Salvador (BA), ele ingressou na aeronave e apresentou um quadro de surto psicótico, momento em que passou a gritar com passageiros e tripulantes – afirmando possuir uma pistola. Ele foi controlado e preso

Funcionários que atuam no aeroporto detalharam que, dentro da aeronave, o homem começou gritar, afirmando possuir “uma pistola 9mm e munições na mochila e que se colocasse embaixo do acento poderia disparar”. A Polícia Federal (PF) foi acionada, assim como a Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC), que prestou auxílio aos agentes federais.

A guarnição fez buscas na aeronave e abordou o agente causador do tumulto, que acatou as ordens. Os policiais perceberem seu estado mental de confusão. Falava palavras desconexas, inclusive que “veio de Salvador, estado da Bahia e que lá é conhecido por mergulhar no mar e ficar cinco dias embaixo da água, e que parou de fumar crack há uns dias atrás”.

Durante a revista pessoal, nada de ilícito foi localizado. Em consulta nominal aos sistemas de segurança, os policiais constataram diversas passagens criminais. Conforme apurou o Jornal do Comércio, Bahiano possui ficha policial por desacato, furto, difamação, lesão corporal, dano ao patrimônio público, injúria, maus tratos, vias de fato, ameaça contra mulher, posse de drogas, perturbação e ato libidinoso.

Bahiano é figura bastante vista nas ruas de Balneário Piçarras, em especial no bairro Itacolomi. Com característico jeito de caminhar, vivia de trabalhos temporários em comércios e construção civil. Recentemente esteve internado para tratamento da dependência química. Ele é natural de Salvador e estaria retornando para a casa de familiares.

A Polícia Federal ficou responsável pela continuidade dos demais procedimentos de direito. “Por colocar em risco a segurança do voo, promover tumulto a bordo e por desobedecer às normas de segurança da aviação civil, o homem foi preso em flagrante e, após realização dos procedimentos de polícia judiciária, foi encaminhado para a Penitenciária de Itajaí/SC, onde se encontra a disposição da Justiça. O crime de “expor a perigo embarcação ou aeronave, própria ou alheia, ou praticar qualquer ato tendente a impedir ou dificultar navegação marítima, fluvial ou aérea”, tem pena prevista de dois a cinco anos de reclusão”, informou a PF.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você