21 C
Piçarras
quinta-feira 18 de abril de 2024


Hora de suar

Ouça a Matéria

Perto de chegar à estação mais quente do ano, a busca pela simetria das curvas corporais ganha a mente daqueles que abusaram ao longo do ano. Com isso, faltam vagas nas esteiras das academias de Balneário Piçarras, que registram um aumento na procura pelas aulas de musculação. No entanto, um alerta: paciência e muita dedicação são ingredientes necessários para que a harmonia seja alcançada.
Em média, o aumento na procura pelas academias ficou na casa dos 35%, segundo os próprios empresários do setor consultados pelo Jornal do Comércio. Eles comemoram e prevêem um aumento ainda maior. “Em novembro e dezembro o movimento ainda aumenta. Todos chegam com o pensamento no verão”, afirma Valquiria Zuanetti. “A procura já foi melhor em outros anos, mas o movimento também cresceu neste”, confirma Ney Serafim.
Ianara Caroline Alves (20 anos) não fugiu à regra. Entrou na academia em julho e espera colher os frutos da malhação nas primeiras semanas de forte de calor. “Entrei na academia pensando no verão, uma estação em utilizamos roupas mais curtas e é preciso estar com o corpo em forma”, conta jovem. Dois meses após iniciar os exercícios, ela afirma já estar acostumada com o ritmo. “Nas primeiras semanas meu corpo sentiu muito. Mas sei que faz parte da adaptação de uma nova rotina”, completa.
Contudo, a pouco menos de três meses do verão, os instrutores físicos alertam para uma série de cuidados antes de começar a ‘puxar’ os pesos. “Tarde não é. Mas eles vêm pensando que irão transformar seu corpo em um mês”, salienta Valquiria, revelando que alimentação e exercício físico devem ser parceiros para o sucesso. “O ideal mesmo é que as pessoas tivessem começado a se exercitar em abril ou maio”, completa Ney.
Para Telma Tatiane Nunes dos Santos, quem não apresenta níveis de obesidade pode entrar em forma até o verão. “Dedicação é a palavra chave para os resultados”, garante. Telma, que realiza um trabalho individual com seus alunos, também ressalta a importância de uma alimentação balanceada para o êxito dos exercícios físicos. Valquiria defende a mesma opinião. “Se não houver sobrepeso, é possível entrar em forma sim”, assegura.
Quem busca uma perda de peso rápida, deve ficar atento aos reflexos. “O segredo é ir sem pressa. Se uma pessoa levou dez anos para adquirir vinte quilos, não será em seis meses que irá perdê-los”, ressalta Valquiria. Ney reforça a tese da paciência e faz um alerta. “O corpo está trabalhando em uma rotina. Se conseguir perder peso muito rápido pode ganhar o dobro se não mantiver essa nova rotina depois”.
Para aqueles que jamais entraram em uma academia de ginástica, o principal conselho é buscar por auxílio profissional e não tentar ultrapassar os limites do próprio corpo. “Devem sim, em primeiro lugar, buscar a qualidade de vida. As mudanças acontecem com o tempo”, finaliza Telma.
 

Foto por: Felipe Bieging

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você