24.1 C
Piçarras
terça-feira 16 de abril de 2024


Quadrilha das vitrines volta a agir e preocupa comerciantes da região

Ouça a Matéria

E a ‘quadrilha das vitrines’ voltou a atacar na região. Na madrugada do último domingo, dia 25, uma loja de roupas infantis, no Centro de Penha, foi arrombada por três bandidos – que geraram um prejuízo de R$ 50 mil ao casal de jovens empreendedores. Um levantamento jornalístico aponta que ao menos cinco lojas foram furtadas do mesmo ‘modus operandi’.

Segundo os empresários da Loja J. Manu´s, que fica bem em frente à Escola de Educação Básica Manoel Henrique de Assis, o crime ocorreu por volta das 1h. O trio estacionou um GM Prisma (branco) na calçada, arrombando a porta de entrada. Em menos de cinco minutos, praticamente esvaziaram a loja.

O jornalista policial, Vilmar Carneio, apurou que “em menos de 15 dias ao menos cinco comércios foram arrombados nas cidades de Barra Velha, Balneário Piçarras, Penha e Navegantes. Os arrombadores usaram o mesmo modus operandi em todos os furtos”. A polícia já tem pistas sobre os suspeitos, mas as informações estão sob sigilo. Um grupo é monitorado.

BARRA VELHA E BALNEÁRIO PIÇARRAS

No começo deste mês de julho, dia 3, uma loja de roupas foi invadida no bairro de Itajuba, em Barra Velha. Os bandidos deram a ré em uma VW/Parati para estourarem a porta, levando os produtos em poucos minutos. O veículo foi achado queimado, no interior da cidade. Desta mesma forma, no dia 21, o Bazar Chaia, no bairro Santo Antônio, em Balneário Piçarras, também foi alvo.

FURTO EM NAVEGANTES

No bairro Machados, nas madrugas de 25 e 26, duas lojas de roupas foram arrombadas da mesma forma: os criminosos jogaram os carros contra as vitrines, levando tudo o que podiam. O carro usado em um dos arrombamentos foi encontrado abandonado na avenida Itajuba, no bairro Itajuba, em Barra Velha, na segunda-feira, 26.

 

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você