16.7 C
Piçarras
quarta-feira 17 de julho de 2024


SPU autoriza Prefeitura de Balneário Piçarras a construir terceiro molhe de pedras

O documento permissivo para a execução da obra foi publicado na segunda-feira, 24, no Diário Oficial da União. A Portaria de prazo de validade de 36 meses

Ouça a Matéria

A Secretaria de Patrimônio da União (SPU) publicou portaria autorizando o município de Balneário Piçarras a construir um novo espigão (molhe de pedras) na praia central – voltado a conter o avanço da erosão costeira. O terceiro molhe terá aproximadamente 70 metros e será fixado nas proximidades da Rua 260 (Antônio Quintino Pires).

O documento permissivo para a execução da obra foi publicado na segunda-feira, 24, no Diário Oficial da União. A Portaria de prazo de validade de 36 meses. O Governo Municipal informou que deve deflagrar o processo licitatório para execução do projeto ainda este ano, que deve seguir o padrão dos molhes Central e Norte.

O Governo Municipal também informou a SPU deve emitir liberação para um novo engordamento da orla central nas próximas semanas – assim como para obras de revitalização total da Avenida José Temístocles de Macedo (a Beira Mar). As licitações devem ocorrer no próximo ano.

As obras terão seus custos provenientes do Fundo de Manutenção da Praia (Fumpra), que nesse momento dispõe de aproximados R$ 42,5 milhões depositados. Conforme intenção do prefeito Tiago Baltt (MDB), que solicita autorização para utilizar até R$ 15 milhões do Fundo em obras de infraestrutura urbana, R$ 27,5 milhões estariam livres nesse momento.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você