21.1 C
Piçarras
quinta-feira 23 de maio de 2024


Penha tem cerimônia de lançamento da Pedra Fundamental da Estação de Tratamento de Esgoto

Águas de Penha e Prefeitura convidam para o lançamento da pedra fundamental das obras da primeira Estação de Tratamento de Esgoto do município

Foto, Felipe Franco
Ouça a Matéria

Nesta quinta-feira, 3, às 17h30, será realizado o lançamento da Pedra Fundamental da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), que será construída na rua Corina Damásio Severino, no bairro Gravatá – e também beneficiará bairro São Miguel. O evento é organizado pela Prefeitura e Águas de Penha.

Leia também: Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Gravatá será apresentada em Audiência Pública

“Na quinta-feira vamos celebrar mais um grande dia para a história de Penha. É mais um dia para entrar na história do município e para demonstrar o quanto valeu a pena toda a nossa luta na busca incansável pela balneabilidade, pela qualidade de vida, pela questão ambiental e pela saúde”, pontuou o Prefeito de Penha, Aquiles da Costa (MDB).

“mais um dia para entrar na história do município e para demonstrar o quanto valeu a pena toda a nossa luta na busca incansável”

AQUILES DA COSTA (MDB), PREFEITO

Para atender os bairros Gravatá e São Miguel, a concessionária Águas de Penha vai construir a ETE, implantar 16,6 quilômetros de rede de coletora de esgoto, 1.444 metros de linhas de recalque, sete estações elevatórias e interligar 1.298 domicílios ao sistema. A previsão é de que até 2033, Penha tenha 90% de cobertura de tratamento de esgoto.

O primeiro módulo da ETE Gravatá terá capacidade para tratar 12 litros por segundo de esgoto. A implantação da rede de esgoto para atender os bairros Gravatá e São Miguel, no entanto, começou no dia 17 de julho com a abertura e instalação das redes nas primeiras ruas da região.

Reginalva Mureb, presidente da Águas de Penha, lembra que a concessionária tem um compromisso com a cidade e propósito de transformar a vida das pessoas garantindo água e saneamento de qualidade. “Nosso principal objetivo agora é a universalização da coleta e tratamento de esgoto, seguiremos avançando juntos”, destaca a presidente.

ESGOTAMENTO SANITÁRIO

O programa completo de investimentos do sistema de esgoto para Penha está dividido em 24 sub-bacias e visa a implantação de 195 km de rede coletora, 13.292 ligações domiciliares, 10 KM de linhas de recalque, 19 Estações Elevatórias e 2 Estações de Tratamento de Esgoto (ETE) com capacidade total de 195 litros de esgoto por segundo. Antes de iniciar as obras em cada rua, a equipe de responsabilidade social da concessionária fará uma visita em todos os imóveis com informações sobre a logística da obra.

REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você