19.1 C
Piçarras
sábado 25 de maio de 2024


População de Balneário Piçarras pode apadrinhar crianças e adolescentes do Abrigo Municipal

Ouça a Matéria

As crianças e adolescentes do Abrigo Municipal de Balneário Piçarras estão à espera de padrinhos e madrinhas. O Programa de Apadrinhamento está aberto para os interessados em colaborar financeiramente, afetivamente ou por meio da prestação de serviços.

As inscrições devem ser realizadas por meio de agendamento no telefone 47-3347-1399

O programa é voltado para beneficiar as crianças e adolescentes que têm chances remotas de adoção. Em Balneário Piçarras, o abrigo, chamado Instituição de Acolhimento Refúgio, tem capacidade de abrigar até 20 crianças ou adolescentes simultaneamente.

Os interessados podem colaborar de três maneiras diferentes e devem ter no mínimo 18 anos de idade, com diferença de pelo menos 16 anos entre padrinho e afilhado. A primeira modalidade é o apadrinhamento afetivo, em que o padrinho/madrinha pode levar o beneficiário para passeios nos finais de semana, férias e feriados, criando um vínculo afetivo.

A segunda modalidade é o apadrinhamento colaborador, em que é possível prestar serviços de necessidade. Atualmente, a instituição municipal já conta com apadrinhamento para serviços odontológicos e de psicoterapia.

A terceira modalidade é o apadrinhamento provedor, em que o padrinho/madrinha pode prestar suporte material ou financeiro. Esse apoio pode ser realizado com a doação de roupas, brinquedos, materiais escolares, patrocínio para cursos profissionalizantes, práticas esportivas, entre outros.

As inscrições devem ser realizadas por meio de agendamento no telefone 47-3347-1399. Entre as regras, está a que impede o apadrinhamento de crianças e adolescentes que já possuem interessados em adotá-los, assim como padrinhos ou madrinhas que estejam no cadastro de adoção.

Abrigo institucional passa por reformas

No último dia 23, o Governo Municipal realizou a inauguração da reforma e ampliação do abrigo institucional. A obra contou com investimento municipal de R$ 152.397,71 e resultou no aumento da capacidade de atendimentos.

Antes da reforma, o abrigo acomodava 12 crianças e adolescentes atendidos pelo Conselho Tutelar. Com uma ampliação de 9 metros, o local poderá comportar até 20 pessoas em seus 203,93 m². Durante as obras, as crianças e adolescentes foram alocados em uma sede temporária, também no Centro da cidade.

A reforma realizou correção de infiltrações e passeios, manutenção da pintura, substituição de esquadrias e adequação da lavanderia. Houve melhorias no quesito acessibilidade, com a adição de novas barras de apoio em inox nos banheiros e chapas de aço inox nas portas dos banheiros. A reforma incluiu a instalação de móveis novos produzidos sob medida.

“O grande objetivo é gerar mais dignidade para as crianças e adolescentes ali acolhidas. Temos tido sempre muito cuidado e zelo por se tratar de uma situação extremamente sensível, é a nossa UTI Social”, destaca o secretário de Assistência Social, Dorval Vieira de Oliveira.

REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você