24.9 C
Piçarras
sábado 13 de abril de 2024


Vistoria técnica aprova ônibus da BRT Curitiba para o ‘interbairros’ de Balneário Piçarras

Agora, com a publicação do relatório de vistoria de veículos concluída, a Secretaria aguarda a homologação do certame para dar início ao sistema de transporte coletivo

Ouça a Matéria

A Secretaria de Planejamento de Balneário Piçarras concluiu a vistoria dos veículos da BRT Curitiba Transportes Coletivos, que venceu o processo licitatório para implementação do sistema de transporte público coletivo interbairros no município. Com o aval técnico da pasta, o processo será homologado e o serviço deve ter início até 1º de julho – seguindo Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado entre o Ministério Público do Estado (MPSC) e a Prefeitura, em setembro passado.

LEIA TAMBÉM: Balneário Piçarras avança em contratação de empresa para o transporte público interbairros

A empresa venceu o certame no valor de R$ 1.518.372,60, após a primeira colocada ser desclassificada por descumprimentos de alguns requisitos do edital. O certame iniciou a R$ 2.442.327,55. Pelo documento serão fornecidos, no mínimo, cinco veículos com acessibilidade, dos quais quatro para operação e um reserva. Os veículos não devem ter idade média superior a 10 anos de fabricação e terão sistema de GPS para rastreamento, além de câmeras de segurança, sistema wi-fi e ar-condicionado.


Agora, com a publicação do relatório de vistoria de veículos concluída, a Secretaria aguarda a homologação do certame para dar início ao sistema de transporte coletivo. Inicialmente, estão previstas quatro linhas de ônibus, que poderão sofrer alterações de acordo com a demanda e serão oficialmente divulgadas quando o serviço passar a ser ofertado.

Ainda não há previsão de valor de tarifário, pois será discutido após a homologação da licitação, junto à empresa. Um levantamento de custos para se chegar a uma tarifa adequada, que será fixada por Decreto, será elaborado. Contudo, em nota, o Governo afirmou que “vai subsidiar a diferença do que não for pago pelo usuário”. Como forma de auxiliar na manutenção do sistema, a prefeitura projeta a exploração publicitária dos ônibus, recursos esses que entrarão para os cofres do município e serão revertidos em subsídios para a empresa. Futuramente

PONTOS DE ÔNIBUS

Um novo processo licitatório tratará a respeito dos pontos de ônibus após o início da operação do transporte público. A Secretaria de Planejamento Urbano irá identificar os locais com maior fluxo de passageiros e aqueles onde não haverá previsão de parada, de acordo com a demanda.

A prefeitura tem mapeado 14 pontos de ônibus, que são os pontos com o maior número de estudantes esperando. Serão implantados ao longo do sistema de transporte público, nas avenidas principais.

A prefeitura também vai começar a reformar os pontos de ônibus existentes e, em seguida, instalar esses pontos onde houver demanda com a implantação do sistema do transporte coletivo.

REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você