26.1 C
Piçarras
sábado 24 de fevereiro de 2024


33 pessoas já contraíram dengue este ano; Itacolimi está em “situação mais crítica”

Ouça a Matéria

Balneário Piçarras já registrou 33 casos de dengue este ano. Além disso, 77 focos larvários do mosquito Aedes aegypti – transmissor de doenças graves como a dengue, zika e chikungunya. O bairro Itacolomi é o local com o maior número de focos e, na manhã desta segunda-feira, 29, passou por uma ação do popular ‘fumacê’.

Essa é a terceira vez que o bairro recebe o fumacê, que é realizado pelo Programa Municipal de Combate à Dengue, em parceria com o Governo do Estado. O trabalho começou às 4. A ação não é prejudicial ao ser humano ou animais de estimação.

“Devido ao aumento das chuvas no mês de janeiro, aliado ao aumento das temperaturas, a proliferação do mosquito transmissor da dengue aumentou. O bairro Itacolomi enfrenta a situação mais crítica, seguido dos bairros Nossa Senhora da Paz e Centro”, informou nota oficial do Governo Municipal.

Em 2024, a equipe municipal já realizou 87 bloqueios de transmissão, que consistem na aplicação de veneno em um raio de 150 metros do local onde o foco positivo foi registrado. Os servidores do Programa de Controle e Combate à Dengue atuam diariamente no monitoramento de 143 armadilhas e 46 pontos estratégicos.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você