30 C
Piçarras
sábado 24 de fevereiro de 2024


Joinville decreta situação de emergência após vazamento de produto químico no Rio Cubatão

Ouça a Matéria

A Prefeitura de Joinville decretou nesta segunda-feira, 29, Situação de Emergência em função do acidente ocorrido com produto químico ocorrido na Serra Dona Francisca. A Companhia Águas de Joinville alerta para a necessidade de economizar água na cidade.

A decisão foi tomada “em decorrência do vazamento de produto químico no rio Cubatão, que é o manancial que abastece aproximadamente 70% da cidade de Joinville”. A captação de água da Estação de Tratamento (ETA) do Cubatão foi totalmente fechada às 10h de ontem (29).

“Foi necessária a paralisação emergencial da captação de água do Rio Cubatão e da estação de tratamento de água, até que sejam averiguadas a extensão dos danos ambientais, bem com as medidas de remediação necessárias”, cita o prefeito, Adriano Rigo, no decreto

O fechamento ocorreu para que o local não receba água com resíduos provenientes do acidente. “A medida tem como objetivo garantir a segurança dos consumidores e pode ocasionar interrupção no abastecimento de água”, em diversos bairros, pontua o decreto.

Os bairros Adhemar Garcia, América, Anita Garibaldi, Atiradores, Aventureiro, Bom Retiro, Boa Vista, Bucarein, Centro, Comasa, Costa e Silva, Distrito Industrial Norte, Dona Francisca, Espinheiros, Fátima, Floresta, Glória, Guanabara, Iririú, Itaum, Jardim Paraíso, Jardim Iririú, Jardim Sofia, Jarivatuba, João Costa, Paranaguamirim, Parque Guarani, Petrópolis, Pirabeiraba, Rio Bonito, Saguaçu, Santo Antônio, Ulysses Guimarães e Vila Cubatão podem ser afetados.

Companhia Águas de Joinville monitora água do rio Cubatão – Foto, Prefeitura de Joinville

Técnicos da Companhia Águas de Joinville realizam análises constantes para garantir que não há resquícios do produto químico. A empresa constatou que os níveis dos reservatórios estão baixando rapidamente.

Lideranças da Prefeitura, Águas de Joinville e Forças de Segurança da cidade estão reunidas no Gabinete de Crise para acompanhar a situação. O prefeito Adriano Silva sobrevoou o local com o helicóptero Águia, da Polícia Militar, e constatou que o produto avança com velocidade pelas águas da região.

“Estamos agindo rapidamente e tomando todos os cuidados para garantir a segurança de todos, mas é necessário que a população colabore, economize água e evite o desperdício”, afirma o prefeito.

SAÚDE DO MOTORISTA
A Prefeitura de Joinville, por meio do Hospital Municipal São José, informou que o motorista do caminhão que se acidentou no quilômetro 16 da SC-418, na Serra Dona Francisca, na manhã desta segunda-feira, 29, está em observação em estado estável. O homem de 59 anos teve ferimentos pelo corpo e está consciente. Ainda não há previsão de alta.

SOBRE A SUBSTÂNCIA

A substância que estava sendo transportada é Ácido Lineal Alquilbenceno Sulfônico (LAS), em concentração de 90%. Na indústria química, é utilizado como matéria ativa na elaboração de detergentes, xampus e cremes dentais.

Em concentrações normais, o Ácido Lineal Alquilbenceno Sulfônico não apresenta característica tóxica para humanos, para a fauna ou para a flora.

O alto potencial como componente espumante pode ser visualizado pela produção de uma grande quantidade de espuma com alta densidade no leito do rio.

A substância é biodegradável em todo o processo de fabricação e produção, resultando em compostos que não são nocivos, como água, anidrido carbônico, sulfato sólido e biomassa. Sua taxa de biodegrabilidade é superior a 98%.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você